PUBLICIDADE
Notícias

Três detentos são encontrados mortos em pouco mais de 24 horas no IPPOO II

Um interno foi encontrado com uma corda amarrada no pescoço e os outros com sinais de lesão corporal. Sejus afirma que solicitou apoio do Ministério Público na apuração de todas as mortes

17:10 | 08/04/2016
Um terceiro interno foi encontrado morto nas dependências do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), na manhã desta sexta-feira, 8, em Itaitinga, a 27 km de Fortaleza. No dia anterior, dois detentos morreram.

Conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), Alcides Sousa Vieira estava com uma corda amarrada no pescoço. A vítima respondia por homicídio e cumpria pena na unidade desde janeiro de 2015.

A Perícia e a Delegacia de Homicídios foram acionadas e a Secretaria garante que acompanha de perto a investigação das mortes, tendo já solicitado o apoio do Ministério Público.

Além da morte de Alcides, houve registro da morte de outros dois internos na madrugada desta quinta-feira, 7. Conforme O POVO Online publicou, os detentos tinham sinais de lesão corporal, e as vivências foram trancadas após os casos.

Em nota, a assessoria do órgão afirmou que o órgão trabalha em parceria com a direção das unidades, buscando "medidas preventivas para evitar esses incidentes".
Redação O POVO Online 
TAGS