PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Suspeito de homicídio que não era procurado avisa à PM do crime e de onde estava o corpo da vítima

Denis Paulino Gomes chegou para uma equipe de Policiais Militares, confessou o crime e apontou onde estava o corpo de vítima

09:40 | 24/11/2020

Um homem que não era procurado pela Polícia aproveitou a ronda de Policiais Militares e confessou ter matado uma pessoa e indicou o local onde estava o corpo da vítima, na cidade de Iguatu, a 361 quilômetros de Fortaleza, nesta segunda-feira, 23. Denis Paulino Gomes, 26, sem antecedentes criminais, afirmou ter assassinado um homem a pedradas após a ingestão de bebida alcoólica no domingo, 22. A vítima não tinha identificação. Denis não tinha antecedentes criminais e foi preso em flagrante e conduzido até a Delegacia Regional de Iguatu. Segundo a Polícia Militar, Denis afirmou ter transtornos mentais.

LEIA MAIS| Procurado por homicídios e assaltos é preso em Iguatu

Segundo a Polícia, agentes da PM estavam fazendo o policiamento na região quando foram abordados por um homem que confessou ter praticado um homicídio. Os militares foram ao local apontado,  um terreno baldio próximo à Lagoa da Bastiana, na cidade de Iguatu, onde encontraram o corpo. A vítima, do sexo masculino, sem identificação, estava com ferimentos feitos por pedras. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada para recolher o corpo. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) também compareceu ao local, onde coletou provas para a investigação.

A Polícia Civil segue investigando o caso com o intuito de apurar as circunstâncias e a motivação do crime.