PUBLICIDADE
Notícias

Dois suspeitos de matar três mulheres em Horizonte são presos

Um deles confessou crime e o outro apresentava marcas visíveis de unha na barriga, conforme o CPM. Eles e mais cinco suspeitos realizaram exame de DNA

16:11 | 01/06/2014
A Polícia prendeu dois dos sete suspeitos do assassinato de três mulheres em Horizonte, 40,1 km de Fortaleza. Os dois acusados realizaram exames, junto com os outros cinco, na última sexta-feira, 30, mas já foram detidos em flagrante. Um deles confessou o crime e o outro possui marcas visíveis de unhas na barriga, conforme o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM).

As vítimas foram encontradas mortas, na manhã de sexta, e apresentavam lesões de pauladas e golpes de faca pelo corpo, segundo a Polícia de Horizonte. Sete homens, que viviam em um abrigo religioso próximo ao local onde as mulheres foram achadas, prestaram depoimento e realizaram exames de DNA.

De acordo com o coronel Carlos Ribeiro, do CPM, dois foram presos em flagrante, um por confessar o crime e o outro por apresentar marcas de unhas na barriga. A Polícia aguarda o resultado do DNA para confirmar se os outros suspeitos também estão envolvidos. Os dois presos foram encaminhados para a delegacia de Horizonte.

A Polícia não divulgou o nome dos suspeitos para não atrapalhar a investigação. Os sete são ex-presidiários e os dois que foram presos são suspeitos também de participarem de uma rebelião das Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPL), em Itaitinga.

Caso
As vítimas, Cristiele Costa de Sousa, Maria Janaína dos Santos Nunes e Márcia dos Santos Alves trabalhavam em uma ótica no município de Pacajus. Um veículo da empresa lhes pegava de manhã e as deixava de volta no fim da tarde. A Polícia foi acionada após o motorista da empresa não encontrar as jovens, na sexta de manhã.

Segundo o delegado Kim Barreto, o abrigo religioso que os homens moravam é próximo ao terreno onde as vítimas foram encontradas mortas.

Redação O POVO Online

TAGS