PUBLICIDADE
Ceará
Insegurança no Carnaval

Casa alugada por foliões é assaltada em Fortim e suspeito é detido após perseguição

Após ter capotado o carro furtado, suspeito foi encontrado com colete balístico e pertences das vítimas, que passam o Carnaval em residência alugada no Centro de Fortim

13:56 | 11/02/2018

Foto do carro usado na fuga, após capotar na perseguição
Em perseguição e troca de tiros com a polícia, suspeitos perderam controle do carro roubado e capotaram nas proximidades do município de Aquiraz. (Foto: Reprodução/Whatsapp)
Foliões foram surpreendidos por assalto a casa alugada para as festas de Carnaval em Fortim, na madrugada deste sábado, 10. Três suspeitos foram perseguidos por policiais militares, até perderem o controle do carro furtado e capotar nas proximidades de Aquiraz. Dois, porém, fugiram do local após perseguição. O suspeito detido usava um colete balístico, e já responde por outros crimes.

Por volta das 2 horas da manhã, três homens encapuzados invadiram residência alugada para festas de Carnaval no Centro de Fortim e, em seguida, anunciaram assalto, conforme relato das vítimas. Os criminosos, segundo o depoimento, renderam os ocupantes da casa e levaram oito aparelhos celulares, TV, joias e outros pertences. Após fuga no carro Nissan Frontier, também roubado, a Polícia foi acionada.

Fotos dos celulares roubados, após serem recuperados
Oito celulares foram roubados durante assalto em casa de foliões. (Foto: Reprodução/Whatsapp)
O veículo foi interceptado pela Polícia Militar nas proximidades do município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. Houve troca de tiros, até o capotamento da caminhonete furtada. O suspeito detido pela Polícia Militar, Nicolas Leandro da Freitas Costa, 18, responde aos crimes de assalto, associação criminosa e tráfico de drogas. No momento da perseguição, ele foi encontrado usando colete balístico e portava um revólver calibre 38, que foram apreendidos, junto com os pertences das vítimas, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

 

O flagrante foi registrado pela Delegacia Metropolitana de Eusébio, que investiga o caso e procura identificar os outros suspeitos envolvidos.

Redação O POVO Online