PUBLICIDADE
Ceará
ataques

Dois ônibus são incendiados em Forquilha e jovem é detido suspeito do crime

Leonardo de Sousa, 21 anos, foi autuado por incêndio majorado após ser reconhecido por testemunhas que avistaram o homem comprando gasolina

18:59 | 05/08/2018
O Corpo de Bombeiros foi acionado na madrugada deste domingo, 5, para controlar as chamas de dois ônibus que estavam sendo incendiados em Forquilha, cidade do interior do Estado. Um homem chegou a ser preso e autuado pelos incêndios. O primeiro chamado ocorreu às 3 horas, quando um vigilante da Secretaria de Educação do Município de Forquilha percebeu que um dos veículos do local estava pegando fogo. Os agentes de segurança conseguiram conter as chamas e policiais militares registraram a ocorrência. 

Às 5 horas, outro chamado foi feito para a BR-222, quando populares viram dois suspeitos descer de um carro e atear fogo em outro ônibus. Os bombeiros novamente controlaram o fogo e a Força Tática foi acionada. Os policiais saíram em busca dos homens e chegaram a capturar um suspeito. 
Leonardo Oliveira de Sousa, 21, foi visto comprando gasolina em um posto de combustível e indo ao local dos ataques. Após ser reconhecido por testemunhas, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Sobral. Além de ser autuado por incêndio majorado, o homem é investigado por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. As informações são da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Entre os dias 37 e 31 de julho, o Ceará sofreu mais de 20 ataques a órgãos públicos e ônibus da Capital e de cidades da região metropolitana. Segundo o secretário da pasta, André Costa, as ações seriam uma forma de retaliação a morte de três suspeitos envolvidos no crime organizado, assassinados pela Polícia em Amontada. Não há informações sobre a ligação dos ataques deste domingo com os acontecidos na semana anterior.
 
Redação O POVO Online