PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Polícia Civil desarticula esquema criminoso envolvendo agentes de trânsito em Farias Brito

Uma autoescola do município também era envolvida na ação criminosa. Além do dono do estabelecimento, quatro agentes de trânsito foram presos

20:15 | 03/06/2019
(Foto: Divulgação/Polícia Civil )

Uma operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) desarticulou um grupo envolvido em um esquema fraudulento que recebia pagamentos ilícitos de motoristas que cometiam infrações na cidade de Farias Brito, distante cerca de 457 km de Fortaleza. Uma autoescola do município também era envolvida na ação criminosa. Além do dono do estabelecimento, quatro agentes de trânsito foram presos.

Conforme apontaram as investigações da PCCE, os agentes abordavam o motorista, alegando sobre infrações de trânsito que o condutor teria cometido. Então, era solicitado que as vítimas fossem até a autoescola para pagar o valor da multa, de forma que os envolvidos se beneficiavam com a conduta ilícita.

Após receber denúncias, a Polícia iniciou as buscas e identificou as pessoas que integravam o grupo criminoso. Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos em locais como o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) da cidade e também na autoescola.

Foram presos temporariamente os agentes de trânsito Abimael Gonçalves Ludgerio, 31, Victor Ellen Pereira Santos, 30, Luis Alves Batista, 29, e Raimundo Joaquim Ferreba do Santos, 34. O proprietário do estabelecimento envolvido, Ailton Costa Lima Oliveira, 43, também foi preso. Entre os cinco presos, apenas Raimundo Joaquim possui antecedente criminal, por contravenção penal.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional do Crato, onde se encontram à disposição da Justiça. Eles deverão responder por associação criminosa, corrupção e concussão (ato de exigir para si ou para outrem vantagem indevida), a depender da participação de cada um nos crimes.

Redação O POVO Online