PUBLICIDADE
Ceará
ROUBO A BANCO

Casa vizinha foi utilizada em assalto a agência bancária em Farias Brito

Um grupo explodiu agência do Banco do Brasil na madrugada desta quinta-feira, 13, para realizar roubo. Segundo informação do boletim de ocorrência, a casa do tabelião da cidade foi utilizada

09:50 | 13/09/2018
Atualizado em 13/09/2018, às 11:35
Uma casa vizinha à agência bancária explodida na madrugada desta quinta-feira, 13, em Farias Brito, a 457 km da Capital, foi utilizada durante a ação. Segundo informações do boletim de ocorrência, a residência foi invadida antes ou depois da ação. A Delegacia Municipal de Farias Brito suspeita que ainda haja dinamite dentro da agência, havendo risco de uma nova explosão. O local está isolado e policiais se encontram na agência para apurar a situação e neutralizar a possível ameaça. 

Conforme a Delegacia, o gerente da agência, identificado como Clóvis, registrou boletim de ocorrência na manhã desta quinta-feira, 13. Ele informou que não mora na cidade e que soube do ocorrido apenas nesta manhã. Afirmou, ainda, que, na última quarta-feira, 12, o banco fechou com um valor de R$ 150 mil nos cofres. Não é possível, no entanto, contabilizar se todo o valor foi roubado pelos assaltantes.

O crime ocorreu por volta das 2h30min e testemunhas oculares ainda não prestaram depoimento, segundo a Delegacia. Portanto, não há como confirmar a quantidade de pessoas que realizou o assalto, a característica de seus armamentos ou como se deu a fuga. O que se sabe é que a agência foi completamente destruída e que um Ecosport branco, possivelmente utilizado na ação, foi abandonado queimado no lixão da cidade. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo informações de terceiros, colocadas no boletim de ocorrência, os assaltantes entraram em uma casa vizinha à agência, pertencente ao tabelião da cidade, conhecido como Branco. Não há como confirmar se o grupo adentrou na residência antes ou depois da explosão da agência. Quando a Polícia Militar chegou para atender o caso, já haviam empreendido fuga. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou em nota que composições do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Força Tática (FT) e do Batalhão de Policiamento de Divisas estão mobilizados nas buscas pelos suspeitos, assim como o Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Choque. 

HELOISA VASCONCELOS