Participamos do

Polícia prende dois homens por tráfico de drogas e apreende revólver no Eusébio

Jefferson Bernardo de Araújo, 28, com passagens por homicídio e associação criminosa, e José Ribeiro de Andrade Filho, 24, sem antecedentes criminais, foram presos em flagrante, mas negaram os crimes
17:26 | Jun. 18, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Dois homens foram presos em flagrante no município de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por tráfico de drogas na noite desta quinta-feira, 17. Jefferson Bernardo de Araújo, 28, com passagens na Polícia por homicídio e associação criminosa, e José Ribeiro de Andrade Filho, 24, sem antecedentes criminais, foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia Metropolitana do Eusébio. Os dois negaram os crimes.

Segundo a Polícia, equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam), da Polícia Militar receberam denúncia anônima sobre dois homens suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. Conforme a denúncia, a comercialização dos entorpecentes acontecia em uma residência no bairro Parque Havaí, no município. Durante uma busca, os suspeitos foram abordados, mas negaram as denúncias.

LEIA MAIS | Seis pessoas são presas por tráfico de drogas no Eusébio

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os PMs seguiram até a residência de José Ribeiro, para realizar buscas. No local havia um carro que, inicialmente, o suspeito informou que o veículo pertencia a um vizinho. Em seguida, no entanto, ele confirmou que o carro era de Jefferson. Dentro do automóvel foram localizadas uma quantidade de maconha e nove munições deflagradas.

Dando continuidade às diligências, foram encontradas no imóvel nove pedras de crack, embaladas e prontas para venda, uma quantia em dinheiro, um tablete e meio de maconha prensada, papel filme, uma prensa de metal, balança de precisão, além de uma pistola calibre .40, com dois carregadores e 18 munições, que estavam enterradas no quintal. O local onde a arma estava enterrada foi indicado por José Ribeiro, que acabou confessando a propriedade da droga.

A Polícia Civil segue apurando o caso em busca de identificar outros envolvidos no crime.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente