PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Testemunhas de Jeová inauguram salão para 2 mil pessoas no Eusébio

A construção demorou 18 meses e teve mais de 2.500 voluntários envolvidos. A denominação cristã tem 117 Salões do Reino espalhados pelo Ceará

Lucas Braga
20:09 | 06/03/2020
EUSÉBIO, CE, BRASIL 06-03-2020: Apresentação do novo Salão da Testemunhas de Jeová  (Foto: Sandro Valentim/O POVO)
EUSÉBIO, CE, BRASIL 06-03-2020: Apresentação do novo Salão da Testemunhas de Jeová (Foto: Sandro Valentim/O POVO) (Foto: Sandro Valentim)

Aberto para visitação até as 17 horas deste sábado, 7, o Salão de Assembleias das Testemunhas de Jeová no Ceará teve reforma concluída. É o único prédio do tipo no Estado, e está localizado no Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza).

Inaugurado em 1986, o prédio manteve os arcos originais na nova reforma. O terreno de 16.640 m² tem 3.725 m² construídos, incluindo o salão com aproximadamente 2 mil lugares. Estacionamento para mais de 200 veículos, itens de acessibilidade, tanque batismal, ambulatório, sala de amamentação e dormitório também compõem a megaestrutura. O valor da obra não pôde ser divulgado, mas as Testemunhas de Jeová afirmam que foi custeada por doações voluntárias.

O POVO visitou o Salão de Assembleias na manhã desta sexta, 6. No open house, não há evento religioso, mas visita guiada para mostrar a doutrina, as dependências do prédio e as iniciativas de menor impacto da construção ao meio ambiente.

Na obra, os resíduos foram reaproveitados: telhas translúcidas, usadas para reduzir o consumo de energia na iluminação; plantadas mudas de árvores nativas; e construída moderna estação de tratamento de água, para economizar até 30% do consumo mensal (120 mil litros economizados mensalmente).

A engenheira química Tatiana Oliveira, voluntária das Testemunhas de Jeová, explica alguns passos do sistema de tratamento de água. “Temos adição de produto químico que ajuda a retirar os sólidos, passa por um filtro que remove quase 100% dos resíduos e, em seguida, por um moderno sistema de desinfecção por ultravioleta”, enumera.

Também voluntários, Clóvis e Jaqueline Silva trabalharam na área de qualidade e segurança laboral. “É maravilhoso ver a obra pronta, ver que ficou tudo lindo. Dá muita satisfação participar de um serviço que dá glória ao nosso Criador, dando bom testemunho do nome Dele. A gente fica muito feliz”, dizem eles, que são testemunhas de Jeová há mais de 25 anos. A construção demorou 18 meses e teve mais de 2.500 voluntários envolvidos.

EUSÉBIO, CE, BRASIL 06-03-2020: Apresentação do novo Salão da Testemunhas de Jeová  (Foto: Sandro Valentim/O POVO)
EUSÉBIO, CE, BRASIL 06-03-2020: Apresentação do novo Salão da Testemunhas de Jeová (Foto: Sandro Valentim/O POVO) (Foto: Sandro Valentim)

Quem são

A denominação cristã tem 117 Salões do Reino espalhados pelo Ceará. No novo Salão, no Eusébio são realizados eventos de maior porte e congressos de, pelo menos, três dias.
“As Testemunhas de Jeová são um povo pacífico que se preocupam em ensinar e divulgar a mensagem da Bíblia há mais de 100 anos. O Salão de Assembleias recebe convidados, vizinhança e quem quer conhecer o trabalho social feito no Brasil e no mundo”, convida o porta-voz regional, ancião Alex Moura.

A denominação de mais de 8 milhões de pessoas no Mundo, tem 46.619 membros no Ceará, conforme o último censo do IBGE. São aproximadamente 17.500 apenas na Região Metropolitana de Fortaleza.

As testemunhas de Jeová refutam o título de “fanáticos”. Dizem ser praticantes literais das escrituras sagradas e difusores dessa mensagem. São aversos à “teologia da prosperidade”. “Nenhuma coleta é feita em nossas reuniões e a entrada é grátis. Nossos ministros não cobram para realizar batismos, funerais, casamentos ou outros serviços religiosos. Não arrecadamos dinheiro em bazares, vendas de rifas, bingos, jantares beneficentes ou eventos semelhantes, nem pedimos doações”. Neutralidade política e recusa à transfusão de sangue também são características pelas quais os membros são conhecidos.

“Todos nós dedicamos tempo à obra de ensinar as pessoas sobre a Bíblia e o Reino de Deus. Visto que damos testemunho, ou falamos, sobre Jeová Deus e seu Reino, somos conhecidos como Testemunhas de Jeová. Evitamos práticas que desagradam a Deus, incluindo o mau uso do sangue por meio de transfusões. Respeitamos os governos e suas leis, desde que não entrem em conflito com as leis de Deus”, informa a organização.

Polêmicas

Criticados por contribuições à homogeneização e descaracterização cultural em diversos países, as Testemunhas de Jeová hoje têm materiais traduzidos para 20 idiomas de povos indígenas no Brasil.

Com milhares de casos de pedofilia apontados no século passado, a denominação divulga amplamente abominar a prática criminosa. Como explica Alex Moura, as crianças recebem orientação educativa para evitarem situações de abuso e manterem diálogo com os pais. Com ludicidade, o bullying e a depressão são questões atuais abordadas ainda no material voltado a crianças e adolescentes.

Serviço

Open House do Salão de Assembleias das Testemunhas de Jeová

Onde: Rua Antônio Martins Freire, 55 - Coité - Eusébio
Quanto: Sábado, 7, de 8 às 17 horas
Entrada franca