PUBLICIDADE
Notícias

Quadrilha tenta assaltar banco em Deputado Irapuan Pinheiro

14:09 | 17/04/2014

Um grupo de assaltantes tentou assaltar uma agência bancária do Bradesco localizada em Deputado Irapuan Pinheiro, distante 319,1 km de Fortaleza, durante a madrugada desta quinta-feira, 17. Segundo informações do Destacamento da Polícia Militar (PM) de Solonópole, a quadrilha chegou a danificar um caixa eletrônico, mas não conseguiu levar o dinheiro. Três pessoas foram presas e duas estão foragidas.

Os assaltantes agiram por volta das 3h30 da madrugada e foram perseguidos logo em seguida. Durante a perseguição, a Polícia prendeu um homem e duas mulheres que estavam em um carro modelo Polo de cor cinza.

De acordo com informações do Destacamento, os suspeitos relataram que mais duas pessoas estariam foragidas.

Neste momento, os policiais fazem um cerco em um matagal, localizado entre os municípios de Dep. Irapuan Pinheiro e Acopiara, onde dois suspeitos estão escondidos.

Além das Polícias Civil e Militar de Deputado Irapuan Pinheiro e de regiões próximas, a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e o Comando Tático Rural (Cotar) dão apoio à operação.

A ação registrada em Deputado Irapuan Pinheiro é o 22° ataque contra banco ou caixa eletrônico registrado no Ceará em 2014, segundo levantamento do O POVO Online com os dados do Sindicato dos Bancários.

Ataques na semana contra bancos
Durante esta semana, além da agência em Deputado Irapuan Pinheiro, três bancos foram atacados. Os assaltantes agiram em São Luís do Curu, Guaraciaba do Norte e Catunda.

Cinco homens assaltaram uma agência do Banco do Brasil localizada em São Luís do Curu, por volta das 14h30 de terça-feira, 15.

Na madrugada de segunda-feira, 14, uma quadrilha formada por oito homens explodiu um caixa eletrônico localizado dentro da Prefeitura de Guaraciaba do Norte, distante 320,2 km de Fortaleza.

Em Catunda, a 273,2 km da Capital, quatro homens armados assaltaram uma agência do Banco do Brasil na tarde da última segunda-feira, 14.

Redação O POVO Online

TAGS