PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Cruz

O crime ocorreu quando a vítima tinha dez anos. O homem de 35 anos, suspeito de estupro, era conhecido da família e frequentava o mesmo local que a criança

23:33 | 20/07/2021

Um homem de 35 anos foi preso nesta terça-feira, 20, suspeito de estupro de vulnerável, no Município de Cruz, localizado a 243,1 km de Fortaleza. Uma equipe da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) deu cumprimento ao mandado de prisão temporária após diligências realizadas no bairro Tucuns, onde também foi cumprido um mandado de busca e apreensão em desfavor do indivíduo.

As investigações tiveram início após o registro de um Boletim de Ocorrência (BO), quando a mãe percebeu alterações no comportamento da criança de 12 anos. O crime ocorreu quando a vítima tinha 10 anos e frequentava, com a sua mãe, a casa da vizinha. O suspeito era conhecido da família e também frequentava o local.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >Com o andamento das apurações, a Polícia Civil representou pela prisão do suspeito. Após a expedição de mandados de prisão temporária e busca e apreensão pela Vara Única da Comarca de Cruz, os policiais civis realizaram diligências e localizaram o homem em uma residência situada no bairro Tucuns. O indivíduo não reagiu à abordagem policial. Ele teve ainda o celular apreendido para a realização de perícia, em cumprimento do mandado de busca e apreensão.

Depois de receber voz de prisão, o homem foi conduzido à Delegacia Municipal de Cruz, onde foram realizados os procedimentos. A Polícia Civil, por meio da mesma unidade policial, dará continuidade às apurações.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas por meio do número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações podem ser repassadas ainda para o telefone da Delegacia Municipal de Cruz (88) 3660-1436. O sigilo e o anonimato são garantidos, segundo a SSPDS.