PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Rede de óticas doa óculos de grau para crianças do interior do Ceará

A doação dos óculos das Óticas Diniz será realizada em até 45 dias da data do atendimento feito pelos médicos

22:13 | 30/10/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1]
A Rede de Óticas Diniz, em parceria com a ONG SAS Brasil, realizou em outubro uma ação social para oferecer às crianças em idade de alfabetização de escolas públicas da Vila do Preá, no do município Cruz, um dia dedicado à saúde da visão, com consultas e exames de vista sem nenhum custo.
 
Mais de 500 crianças fizeram consultas e as que foram identificadas com a necessidade de uso de lentes corretivas irão receber óculos de grau que serão doados pelo projeto “Diniz Social”. Após as consultas, as crianças assistiram a uma sessão de cinema. 
 
De acordo com a diretora administrativa financeira das Óticas Diniz, Ariane Diniz, o projeto “Diniz Social”  existe a partir de uma responsabilidade social que a rede tem para contribuir para um País mais justo. “Temos um compromisso sério com a responsabilidade social e em contribuir para um País mais justo para todos. Por isso, apoiamos a iniciativa do nosso parceiro, que proporciona atendimento oftalmológico gratuito às comunidades carentes das cidades que recebem o torneio automobilístico. Cerca de 250 óculos serão doados”, conta.
 
As famílias da Vila do Preá são formadas por pescadores e rendeiras, e muitas delas não dispõe de condições para custear a compra dos óculos. Pensando nisso, Gabriel Toueg, da comunicação do SAS Brasil, conta que proporcionar esse momento para todas as crianças, além de promover solidariedade, transforma. “Para mais de entregar uma melhor visão, proporcionamos uma experiência emocionante para as crianças, que ficaram encantadas em ir ao cinema pela primeira vez”, afirma.
 
A doação dos óculos das Óticas Diniz será realizada em até 45 dias da data do atendimento feito pelos médicos. “Muitas vezes, a dificuldade para enxergar não é sanada pelo difícil e demorado acesso aos médicos da rede pública de saúde. E isso prejudica o rendimento de meninos e meninas que, com notas baixas, ficam desmotivados para continuarem a estudar. Junto a esse parceiro vamos transformar a realidade da visão infantil da Vila do Preá”, conta Ariane. 
Redação O POVO Online
TAGS