PUBLICIDADE
Notícias

Geopark Araripe, voltado à preservação do patrimônio natural do Cariri, completa 10 anos

A abertura da programação cultural será às 19 horas desta segunda, no auditório da sede do Geopark (rua Carolino Sucupira, s/n - bairro Pimenta), no Crato

17:00 | 19/09/2016
Fachada da sede do Geopark Araripe
Fachada da sede do Geopark Araripe

[FOTO1] 

O Geopark Araripe, primeiro criado nas Américas e único reconhecido pela Unesco no Brasil, completa 10 anos de criação neste mês de setembro. Em comemoração, a Universidade Regional do Cariri (Urca) realiza programação cultural com oficinas, palestras e mini-cursos, a partir desta segunda-feira, 19. Localizado no Cariri cearense, o geoparque abrange os municípios de Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

A abertura da programação cultural será às 19 horas desta segunda, no auditório da sede do Geopark (rua Carolino Sucupira, s/n - bairro Pimenta), no Crato. No Sesc do Crato, está aberta a exposição 'Território do Geopark’, com visitações até este sábado, 24. As palestras serão realizadas na sede do Geopark.

Pela segunda vez, o Geopark Araripe receberá o ''Selo Verde", certificação concedida por comissão da Unesco para projetos de educação e turismo sustentável. O selo será entregue na próxima quinta-feira, 22, na Inglaterra, durante Congresso Internacional de Geoparks.

Além do Geopark Araripe, existem atualmente mais dois geoparques nas Américas inseridos na Rede Global de Geoparks da Unesco: Stonehammer Geopark (Canadá) e Grutas del Palacio Geopark (Uruguai).

Os principais objetivos do Geopark Araripe são: proteger e conservar os sítios de maior relevância geológica/paleontológica; possibilitar o conhecimento e a divulgação dos registros arqueológicos de povoamento ancestral da região; e incentivar o turismo de qualidade.

A semana de comemoração dos 10 anos do Geopark Araripe também contará com a ação ''Geopark no mêi do mundo'', a partir das 14 horas dos próximos dias 23 e 24. Nesta ação, serão feitas rotas em todos os geossítios do Geopark Araripe.

Programação:
DIA 20
Local: Vale do Amanhecer (Juazeiro do Norte):
8-16h- Ação GeoPark na Comunidade
Local: Sede do Geopark no Crato

8-9h30min - Mesa 1: O importante papel das Unidades de Conservação: conhecer e participar, com Rose Mary Feitosa (Pares Sítio Fundão) Verônica Lima (ICMBio), Yedda Lobo (GeoPark Araripe / URCA)

10-11h30min - Mesa 2: Patrimônio natural: memória e construção, com Álamo Saraiva (URCA), Idalécio de Freitas (GeoPark Araripe) Marcelo Moura Fé (GeoPark Araripe / URCA)

18h - Sessão especial -: Apresentação do selo comemorativo, com Clairton Montenegro, Vanilson Carvalho e profa. Fernanda Loss (PET de Design da UFCA)

19h30min - Mesa 3: Você tem fome de quê? Economia Criativa e Solidária na região do Cariri, com Cléo do Vale (UFCA), Lindicassia (Rede de Feiras Agroecológicas e Solidárias) e Pedrina França (GeoPark Araripe)

21h - Atração cultural

DIA 21
Local: Sede do Geopark no Crato
8-9h30min- Mesa 4: Água, pra quê te quero? Gestão e uso das águas no Cariri, com Iarley Brito (SAEC), Jomávia Lacerda (SISAR) e Nivaldo Soares (GeoPark Araripe)

10-11h30min - Mesa 5: Qual o turismo que queremos no Cariri? Com Demétrio Jereissati (Iu-á Hotel), Ernesto Rocha (Trilhar), Junior Feitosa (Abrasel/Condetur) e Pedro Rebouças (GeoPark Araripe / URCA)

13h30min-17h30mi - Mini-cursos / oficinas

19h - Mesa 6: Cultura e Patrimônio para todas as gerações , com Ana Isabel Cortez (História-URCA), Rosemberg Cariry (Instituto Escola dos Saberes) e Rubia Micheline (GeoPark Araripe / URCA)

DIA 22
Local: Sede do Geopark no Crato
8-9h30min - Mesa 7: Viver de turismo no Cariri: dá?, com Tote (Iguanna), Cícero Manoel (AGTURC), Junior dos Santos (Turismo Comunitário) e Luciana Lacerda (SENAC)

10-11h30min - Mesa 8: O talento nato da arte popular Espedito Seleiro, com José Lourenço (Lira Nordestina), Willian Brito (Academia de Cordelistas do Crato) e Lázaro Macedo (GeoPark Araripe)

19h - Mesa 9: Nosso time vai ter os 11: Caldeirão da Santa Cruz e Santa Fé, com Rosiane Limaverde (IAC/URCA), Alemberg Quindins (Fundação Casa Grande); e Marcelo Martins (GeoPark Araripe / URCA)

Redação O POVO Online
TAGS