PUBLICIDADE
Notícias

Ex-presidente da Câmara de Chorozinho deverá pagar multa por irregularidade em contas da Casa

O político tem 30 dias para recolher a multa e pagar a multa ao Estado. Cerca de R$ 156 mil deverá ser devolvido aos cofres públicos

15:37 | 08/06/2018
O ex-presidente da Câmara Municipal de Chorozinho, cidade do interior do Ceará, foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por irregularidade nas contas do município durante sua gestão, em 2012. Antônio Roberto da Silva, conhecido como Robertinho, deverá devolver R$ 156 mil aos cofres públicos. 

O valor corresponde ao dinheiro recebido pelo Legislativo da cidade durante os meses de janeiro e fevereiro de 2012. A prestação de contas dos recursos não foi apresentada. De acordo com o relator do processo, conselheiro substituto David Matos, o Legislativo de Chorozinho também não enviou o relatório do Sistema de Informações Municipais. 

Devido aos prazos das prestações de conta serem estabelecidos legalmente, o não cumprimento deles configura irregularidade. Além disso, o atraso impossibilitou que o Tribunal de Contas realizasse a análise das licitações e repasses do município. 

Antônio Roberto terá também que pagar multa de R$ 16 mil, por ser o responsável pelas contas na época que ocorreu a irregularidade. Um prazo de 30 dias foi dado para que o gestor recolha a multa e faça o ressarcimento ao Estado. O POVO Online entrou em contato com a Câmara de Chorozinho, mas a Casa não souber informar o paradeiro de Robertinho.
 
Redação O POVO Online 
TAGS