PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Três pessoas são presas com drogas e armas nas dunas da praia de Cumbuco, em Caucaia

Houve troca de tiros e um dos suspeitos ficou ferido. Ele foi socorrido por uma composição da polícia e levado a uma unidade de saúde

14:05 | 12/06/2021
A prisão foi feita após troca de tiros entre os suspeitos e os agentes policiais  (Foto: Divulgação/PMCE)
A prisão foi feita após troca de tiros entre os suspeitos e os agentes policiais (Foto: Divulgação/PMCE)

Uma ação do 12º Batalhão e do Comando Tático Motorizado (Cotam) da Polícia Militar do Ceará (PMCE), resultou na prisão de três suspeitos nesta sexta-feira, 11, nas dunas da praia de Cumbuco em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. A operação contou com o apoio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Com os suspeitos, foram apreendidas duas pistolas de calibre .380 e uma de calibre 9mm. Uma barra de maconha prensada e material para o tráfico de entorpecentes também foram encontrados com o grupo. Os suspeitos foram identificados como: Fabiano de Mesquita Damasceno, 20, João Pablo Damasceno Nascimento, 23, e Valdenir Vieira Pereira, 24.

LEIA MAIS: Três corpos são encontrados em diferentes ruas de Caucaia nesta manhã

A prisão aconteceu após a polícia receber informações de que indivíduos armados estariam intimidando cidadãos das localidades de Pirapora e Lagoa do Barro. A PMCE informou que montou uma operação e iniciou as diligências na área.

Em vídeo recebido por O POVO, um grupo com pelo menos seis homens encapuzados, empunhando armas de fogo, aparece gritando ameaças contra rivais enquanto andam pelas ruas intimidando moradores à luz do dia. 

Segundo informações policiais, quando chegaram nas dunas, local onde os suspeitos estariam, os agentes foram recebidos com disparos de arma de fogo efetuados pelos suspeitos. Houve troca de tiros e um dos suspeitos ficou ferido. Ele foi socorrido por uma composição e levado a uma unidade de saúde. O estado de saúde do suspeito não foi informado.

As drogas e as armas apreendidas juntamente com os presos foram apresentados na Delegacia Metropolitana de Caucaia. Foi instaurado inquérito policial com base nos crimes de organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.