PUBLICIDADE
NOTÍCIA

PF cumpre mandados contra advogado investigado por fraudes previdenciárias no Ceará

Advogado teria criado 17 pessoas físicas fantasmas para recebimento de benefícios

Rubens Rodrigues
08:08 | 25/06/2020
Maioria dos mandados foram cumpridos em Catarina, cidade distante 405,3 km de Fortaleza (Foto: Divulgação/PF)
Maioria dos mandados foram cumpridos em Catarina, cidade distante 405,3 km de Fortaleza (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal (PF) deflagrou a operação Fantasmas na manhã desta quinta-feira, 25, nos municípios de Tauá e Catarina, no Interior do Estado. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva em endereços de um advogado investigado por fraudes previdenciárias.

Os mandados foram expedidos pela 25ª Vara Federal Justiça Federal de Iguatu. Desses, apenas um foi cumprido na cidade de Tauá e os outros três em Catarina. Representantes da OAB-CE acompanharam o cumprimento dos mandados.

LEIA TAMBÉM | MPCE abriu 345 procedimentos para investigar supostas irregularidades relacionadas a pandemia no Ceará

Entre as fraudes investigadas está "criar 17 pessoas físicas fantasmas para recebimento do Benefício Assistencial ao Idoso (BPC), além de inserção de informações falsas no CadÚnico", diz a PF em nota.

Os auxílios foram pagos automaticamente pelo Governo Federal por consequência da pandemia de Covid-19, pois as pessoas físicas estariam cadastradas no CadUnico.