PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Construção parada em delegacia de Cascavel causa insegurança para moradores

Iniciada em maio de 2017, a obra está inacabada até hoje. Estado informa que estuda substituição de construtora

21:43 | 02/06/2019
Iniciada em maio de 2017, a obra está inacabada até hoje. Estado informa que estuda substituição de construtora
Iniciada em maio de 2017, a obra está inacabada até hoje. Estado informa que estuda substituição de construtora (Foto: via WhatsApp O POVO)

Abandonada e inacabada. Assim está há meses a construção da Delegacia Regional de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Com entrega prevista para setembro de 2017, o projeto tem causado dor de cabeça aos moradores da região, que denunciam insegurança causada pelo prédio que deveria proporcionar sensação contrária. O POVO Online recebeu relatos de que o local estaria funcionando como ponto de encontro para usuários de drogas, além de esconderijo para quem pratica crimes nas redondezas.

Residindo próximo ao lugar onde estaria operando a delegacia, no Centro da cidade, Francisco Xavier Ciríaco conversou com O POVO Online sobre a situação vivida por ele e seus vizinhos. O comerciante elogiou a iniciativa de construção do equipamento, considerado-o como “moderno” e “necessário”. “Só que a obra está bem iniciada ainda. Tem quase um ano que está paralisada”, estimou.

Requerimento da Câmara Municipal de Cascavel informa que a delegacia atualmente abriga usuários de drogas e pessoas que praticam crimes pelas redondezas
Requerimento da Câmara Municipal de Cascavel informa que a delegacia atualmente abriga usuários de drogas e pessoas que praticam crimes pelas redondezas (Foto: Via WhatsApp O POVO)

Segundo ele, o prédio estar inacabado representa “um verdadeiro descaso com o dinheiro do contribuinte”. A afirmação vem ancorada na condição atual apresentada por lá, que tem deixado inseguro o bairro “que nem é tão perigoso assim”. “Mas está começando a ser, porque estão facilitando e oferecendo espaço para aparecer umas coisas estranhas”, sinalizou. Por “estranho”, Ciríaco definiu: usuários de drogas e criminosos que estariam se reunindo no local, sobretudo pela noite.

A declaração ganha força em um requerimento expedido pela Câmara Municipal de Cascavel, que em abril deste ano solicitou por unanimidade e com urgência a retomada das obras ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa. “Pessoas que residem nas proximidades constataram que o local abriga moradores de rua que utilizam o espaço para o uso de entorpecentes, prática de furtos e vários atos de vandalismo, que são cometidos costumeiramente”, informou o documento.

O início da construção da delegacia está datado a 8 de maio de 2017, após a Construtora Tecnos Nordeste LTDA firmar contrato com o Governo do Estado, por meio da SSPDS. Mesmo com previsão de conclusão em dentro de seis meses, o convênio teria duração até 7 de maio do ano seguinte. Orçada à priori em R$ 1.195.504,52, a estrutura teve acréscimo de R$ 99.791,22 e ficou estimada em R$ 1.295.295,74.

O prazo também foi atualizado em 90 dias, com término previsto para 3 de dezembro passado. Sob a execução do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE), a delegacia ainda não tem prazo para ser concluída. A reportagem entrou em contato tanto com a SSPDS quanto com a DAE, recebendo resposta somente da segunda, que informou que “a Casa Civil se pronunciará em nome do Governo Estadual”.

Sob execução do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE), a obra está estimada em R$ 1.295.295,74
Sob execução do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE), a obra está estimada em R$ 1.295.295,74 (Foto: Via WhatsApp O POVO)

Na tarde desta sexta-feira, 31, a Casa Civil informou que a Construtora Tecnos não está apresentando condições para concluir a obra e que o Estado deu início ao processo de substituição da empresa. Em 21 de maio, O POVO Online havia entrado em contato por email e por telefone com a construtora, sem obter resposta até agora. De acordo com a Junta Comercial do Ceará (Jucec), o empreendimento consta como ativo.

CONSTRUTORA

A Construtora Tecnos Nordeste LTDA não tem site. Em bancos de dados disponíveis na internet, a empresa registra seu endereço na avenida Eusébio de Queirós, no Eusébio, contando com capital social de R$ 420 mil. O POVO Online entrou em contato com residências e pontos comerciais próximos ao endereço informado pela Tecnos. Ninguém confirmou existência e funcionamento da construtora.

Wanderson Trindade