Participamos do

Fábrica clandestina de armas é fechada em Beberibe; veja vídeo

A ação aconteceu nesta quarta-feira, 3. Três homens foram presos, dois deles em flagrante e o terceiro, por mandado de prisão em aberto
09:53 | Mar. 04, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma fábrica clandestina de armas que funcionava na localidade de Tabuba dos Marcelinos, em Beberibe, foi fechada na manhã dessa quarta-feira, 3. Três homens foram presos, dois deles em flagrante e o terceiro por um mandado de prisão em aberto. O fechamento foi em uma ação conjunta da Polícia Civil e da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). Foram apreendidos armas, drogas e apetrechos para a fabricação do armamento.

Segundo a Polícia, foram realizadas buscas em três pontos. Em uma casa em Beberibe foi localizado um revólver calibre 38, munições, além de maconha, cocaína, apetrechos para embalagem da droga e a quantia de R$ 173. No endereço, foi preso Paulo André Frota de Brito, 27, que tem passagens na Polícia por roubo e por posse irregular de arma de fogo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS| Fábrica clandestina de armas de fogo é fechada pela PM no Eusébio

Já no segundo alvo, na localidade de Tabuba dos Marcelinos, a Polícia encontrou em funcionamento uma fábrica clandestina de armas. O homem, identificado como Jonas dos Santos Ferreira, 24, confessou que seria o proprietário do local e responsável pela confecção das armas. O material bélico tinha como destino final um grupo criminoso que atua na região. No local, a Polícia apreendeu uma espingarda artesanal feita na fábrica, maquinários, insumos para a produção dessas armas, munições e um colete balístico. Jonas foi autuado em flagrante por comércio ilegal de arma de fogo. No momento da chegada da Polícia, outro homem, identificado como Rafael Rodrigues de Moura, 36, também foi encontrado no local. Contra ele existia um mandado de prisão em aberto por homicídio. 

No terceiro endereço, nada foi apreendido.

Todo o material localizado nas residências e os presos foram conduzidos à sede da Delegacia Municipal de Beberibe.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags