PUBLICIDADE
Notícias

Preso suspeito de matar advogado em loja na avenida Dom Luís

Ariel Pereira de Sousa, 19 anos, foi capturado no município de Barreira. Segundo as investigação, ele é apontado como o autor do disparos que mataram a vítima

18:56 | 12/04/2017

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira, 12, em cumprimento a mandado de prisão, o suspeito de matar o advogado Paulo Sérgio Jucá, de 53 anos, durante assalto em uma loja localizada na avenida Dom Luís, no bairro Meireles. Ariel Pereira de Sousa, 19 anos, foi capturado no município de Barreira, no interior do Ceará.


O suspeito é apontado como o autor do disparos que mataram a vítima, segundo o delegado Leonardo Barreto, diretor da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Ariel Pereira de Sousa já responde por tráfico e associação para o tráfico de drogas.


"Os dois suspeitos entraram na loja e perceberam que a vítima mexia muito no celular. Eles acharam então que ela estivesse avisando a Polícia sobre o crime. Foi então que Ariel avançou contra a vítima e eles entraram em luta corporal, quando ele atirou no ombro de Paulo Sérgio. Com ele já caído, foi desferido mais um disparo que o atingiu nas costas. A dupla fugiu em seguida sem levar nada", disse o delegado Leonardo Barreto.

Ariel estava escondido em uma casa abandonada, situada na localidade de Córrego. A prisão dele foi efetuada em conjunto por equipes de policiais civis das Delegacias Municipal de Barreira e a Regional de Baturité, além de militares do destacamento da Polícia Militar (PM) local.

Suspeito diz como matou advogado


Circula no aplicativo WhatsApp o vídeo do momento da prisão de Ariel. Na filmagem, ele afirma que jogou a arma utilizada no crime, um revólver 38, no espigão do Titanzinho e conta como matou o advogado.

"Quando fui botar a mão no telefone dele, estava com revólver perto dele, ele se sacudiu e apertei (o gatilho do revólver). Quando ele foi correr, eu pensava que não tinha acertado, dei um (tiro) nas costas", afirmou Ariel.

Latrocínio


O crime ocorreu em uma loja de departamentos, na avenida Dom Luís, no bairro Meireles, no final da manhã do dia 1º de abril. Paulo Sérgio Jucá Alves Garcia foi surpreendido por uma dupla armada, que entrou na loja onde a vítima estava e efetuou disparos de arma de fogo. Paulo Sérgio foi atingido e veio a óbito no local. Após o ocorrido, os suspeitos empreenderam fuga em uma motocicleta de cor amarela.

TAGS