PUBLICIDADE
Notícias

Festa do Pau da Bandeira deve receber mais de 300 mil pessoas

Este ano, a festa contará com o tronco de uma rama branca, de cerca de 2 toneladas e 25 metros

16:34 | 29/05/2016
NULL
NULL

O colorido junino já toma de conta das ruas de Barbalha. A maior festa popular do Nordeste alusiva ao santo casamenteiro, que abre o calendário das comemorações juninas no Ceará, contará com participação de mais de 300 mil pessoas. Neste domingo, 29, o cortejo do Pau da Bandeira faz um percurso de cerca de 6 km.

Este ano, a festa contará com o tronco de uma rama branca, de cerca de 2 toneladas e 25 metros. A segurança durante o percurso do pau da bandeira será reforçada e haverá um cordão de isolamento, onde o público estará mais protegido, além dos próprios carregadores.

A cada parada, as pessoas poderão se aproximar para tocar no mastro da bandeira. Ao seguir rumo à praça, novamente deverão manter distanciamento. Essa medida é um dos aspectos relacionados à segurança para este ano.

O policiamento estará sendo reforçado com mais de 200 homens da Polícia Militar e contratados, além do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) garantindo a tranquilidade dos festejos.

Decoração e expectativa
As cores juninas dos balões e bandeirinhas invadem às ruas principais do Centro de Barbalha, passando pelo corredor principal do cortejo, saindo à rua da Matriz até a histórica igreja do Rosário. Neste domingo, mais de 50 grupos de tradição e cerca de 500 brincantes desfilam com os seus grupos de maneiro-pau, incelenças, penitentes, reisados, quadrilhas, grupos de bacamarteiros, entre outros.

Este ano, a decoração remete às imagens que estarão contado um pouco da história da festa. Uma homenagem à conquista do título de Patrimônio da Cultura Brasileira.

Economia

Os lojistas de Barbalha comemoram este período, como o de maior movimentação no comércio da cidade. O secretário de Cultura da cidade, Antônio de Luna, afirma que há uma expectativa muito boa pela grande movimentação também nos hotéis e restaurantes. “Sem dúvida, temos o melhor período do ano para a economia local”, diz ele.

Grande procissão marca encerramento
Com milhares de pessoas nas ruas de Barbalha, no dia 13, às 16 horas, acontece a procissão de encerramento. Durante o dia serão realizadas celebrações e queima de fogos.

No período de festejos haverá leilões, quermesses e apresentações de grupos folclóricos. Santo Antônio de Pádua abre o ciclo das festas juninas e é bastante venerado no Brasil, conforme o padre Cícero Ferreira. No Brasil, é padroeiro de 478 paróquias e mais de 40 cidades têm o seu nome. A devoção em Barbalha se popularizou bastante.


 

Amaury Alencar

especial para O POVO Online

TAGS