PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Sargento da PM se recusa a usar máscara, agride coronel e é preso no Ceará

O sargento foi conduzido ao plantão da Polícia Judiciária Militar, autuado por agressão e conduzido ao presídio militar

15:13 | 11/12/2020

Um sargento da Polícia Militar foi preso em flagrante, na noite dessa quinta-feira, 10, na cidade de Aracati, no litoral leste do Ceará, por se recusar a usar máscara de proteção em um mercadinho e agredir um tenente coronel da PM. Ele foi conduzido ao plantão da Polícia Judiciária Militar, onde foi autuado por infração ao artigo 157, por praticar violência contra superior, e artigo 177 do Código Penal Militar, por se opor “à execução de ato legal, mediante ameaça ou violência ao executor, ou a quem esteja prestando auxílio”. A pena é de três meses a dois anos de detenção, na primeira infração, e de seis meses a dois anos, na segunda.

Ainda de acordo com a PMCE, o sargento preso agrediu verbalmente a gerente do estabelecimento comercial e fisicamente um tenente coronel que foi atender a ocorrência. Em nota, a PMCE frisa que não compactua com condutas ilícitas e, por isso, faz cumprir rigorosamente as normas legais, sem deixar de respeitar, naturalmente, os princípios da inocência, contraditório e ampla defesa.

Já a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) determinou a imediata apuração do fato na seara administrativa disciplinar.