PUBLICIDADE
Notícias

Após vistorias de 250 imóveis, Polícia captura oito e apreende armas de fogo em Aquiraz

A ação policial foi realizada na manhã desta quinta-feira, 11, e teve a participação de 200 profissionais das forças de segurança do Estado

16:52 | 11/05/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Operação "Desintoxicação" da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) resultou na captura de oito pessoas e apreensão de quatro armas de fogo e um simulacro de fuzil, após vistoria em 250 imóveis em Aquiraz. A ação policial foi realizada na manhã desta quinta-feira, 11, e teve a participação de 200 profissionais das forças de segurança do Estado.

[SAIBAMAIS]
De acordo com a SSPDS, foram cumpridos quatro mandados de prisão por tráfico de drogas, além de busca e apreensão coletivo, na comunidade dos Trezes, na localidade da Prainha, em Aquiraz. Os presos por força de mandados judiciais são: Railan da Rocha Santos, 23 anos; Felipe Ferreira Caetano, 30; Andressa de Oliveira, 25; e Carlos Almeida Melo, 26. Os suspeitos, exceto Felipe, tinham passagens pela Polícia por homicídio, tráfico de drogas, roubo, crime contra a administração pública e posse ilegal de arma de fogo.


Segundo os levantamentos da operação, o quarteto é suspeito por envolvimento no tráfico de drogas na região e era investigado por atuação na prática criminosa.


Ainda durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão coletivo, os policiais prenderam dois homens em posse de armas de fogo. São eles: Alexandre Aguiar das Merces, 38, com 12 passagens pela Polícia, sendo cinco por homicídio e os demais por furto, tráfico de drogas, receptação, crime de trânsito, porte ilegal de arma defogo e ameaça; e Fábio Saraiva Mota, 40, sem antecedentes. Com a dupla, a Polícia apreendeu uma pistola .40, um simulacro de fuzil e um revólver calibre 38.


Duas adolescentes também acabaram apreendidas na operação, com um revólver de fabricação artesanal e uma pequena quantidade de drogas.


Um revólver foi apreendido em uma residência abandonada na comunidade. De acordo com o delegado Nelson Pimentel, titular da Delegacia Metropolitana de Aquiraz, há suspeitas de que o imóvel era utilizado para ponto de armazenamento de materiais ilícitos.

TAGS