PUBLICIDADE
Notícias

Justiça determina anulação de concurso realizado em Antonina do Norte

Uma das irregularidades foi a aprovação, em primeiro lugar, da esposa do prefeito, Elizângela Roseno

11:26 | 19/12/2014

O concurso público municipal realizado em Antonina do Norte, no dia 19 de outubro deste ano foi anulado pela determinação do juiz David Melo Teixeira Sousa. A decisão atendeu a um pedido feito pelo Ministério Público do Estado do Ceará, que havia entrado com uma Ação Civil Pública (ACP) no dia 11 de novembro.

O motivo do anulação foi a constatação de diversas irregularidades que aconteceram, tanto antes da realização da prova, quanto no dia do exame.

De acordo com as investigações, Elizângela Roseno, esposa do prefeito era uma das inscrita no concurso e foi aprovada em primeiro lugar para o cargo de analista financeiro.

[SAIBAMAIS3]

Outras irregularidades apresentadas estão relacionadas ao local de inscrição feitas na loja do ex-vereador e atual secretário de Governo, Romero Aguiar de Freitas pela própria esposa dele, Kelly Alves Aguiar, além de Raíssa Cavalcante, filha do procurador do Município, que fez o concurso e foi aprovada em 2º lugar para o cargo de advogado.

Depois da realização do concurso, outras inúmeras denúncias foram constatadas como uso do aparelho celular por uma fiscal de sala, provas sem o devido lacre e candidatos colando e conversando em voz alta durante a aplicação da prova.

Esses fatos levantaram a suspeita sobre a ilegalidade do processo, fazendo com a  justiça reconhecesse a necessidade de anulação do concurso, determinando que nenhum candidato seja convocado para a nomeação.

Caso haja descumprimento, uma multa diária de R$ 5 mil deverá ser paga pessoalmente pelo prefeito e pela empresa GR Consultoria e Assessoria, realizadora do concurso.

 

 

Redação O POVO Online

TAGS