Participamos do

Ceará ganha o primeiro centro estadual de referência para a população LGBT+

"Objetivo do Centro é proporcionar um espaço para receber as denúncias de violações, mas também de dar orientações, discutir, acolher demandas da população LGBT", comentou a titular da SPS, Socorro França.
11:13 | Dez. 11, 2021
Autor Levi Aguiar
Foto do autor
Levi Aguiar Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A partir da próxima segunda-feira, 13, o Ceará passa a contar com Centro Estadual de Referência LGBT+ Thina Rodrigues. Os atendimentos serão agendados e podem ser de forma presencial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou por meio eletrônico.

A população pode acessar o e-mail cerlgbt@sps.ce.gov.br, para obter informações sobre direitos no Ceará ou receber orientações sobre como denunciar casos de LGBTfobia; de violências doméstica, familiar e institucional; discriminação em ambientes públicos ou privados; negação de atendimentos e outras violações de direitos.

“O Centro é uma reivindicação histórica da população LGBT+ cearense. Somos o único centro estadual de referência no País, com serviços completos e com a estrutura adequada. Somos, de fato, referência para todo o Brasil”, comenta Silvinha Cavalleire, coordenadora do Centro Estadual de Referência LGBT+.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), responsável pelo equipamento, afirma que a abertura é uma conquista de um espaço de cidadania, acolhimento qualificado e orientação sobre serviços das redes municipais e estaduais de assistência social, psicológica, saúde e jurídica.“ O nosso objetivo é ter um espaço para receber as denúncias de violações, mas também de dar orientações, discutir, acolher demandas”, comenta a titular da SPS, Socorro França.

LEIA MAIS | Ceará tem quase todos os reservatórios com volume hídrico abaixo de 30%

Vereadores do Recife, de Fortaleza e de outras capitais cobram posicionamento de prefeitos a respeito do Carnaval 2022

Quem foi Thina Rodrigues

O nome do equipamento homenageia a travesti e militante dos direitos humanos, Thina Rodrigues. Natural de Brejo Santo, Thina atuou na defesa de direitos das pessoas trans e travestis, em todo o País. Foi precursora do movimento transgênero no Estado, em parceria com Janaína Dutra, fundou e presidiu a Associação de Travestis do Ceará (Atrac).

Em sua última entrevista, antes do seu falecimento, em 29 de junho de 2020, Tina declarou como gostaria de ser lembrada: “Apenas como uma pessoa simples, lutadora, ativista e militante, que vai ficar muito feliz quando as travestis e trans forem aceitas de forma plena”.

Serviço

Inauguração do Centro Estadual de Referência LGBT+ Tina Rodrigues

Endereço: Rua: Valdetário Mota, 970, no Bairro Papicu, em Fortaleza

Mais informações

Pelo site: www.sps.ce.gov.br.
Telefone: (85) 98993-3884
E-mail: cerlgbt@sps.ce.gov.br

 

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags