Participamos do

46 municípios cearenses estão em situação de emergência por causa da seca; outros quatro aguardam análise

As cidades cearenses Aiuaba, Morada Nova e Pereiro registraram secas e, por causa disso, foram enquadradas pelo MDR em situação de emergência
11:15 | Nov. 24, 2021
Autor Euziane Bastos
Foto do autor
Euziane Bastos Repórter Estagiária de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) publicou, nessa terça-feira, 23, uma portaria em que reconhece a situação de emergência em mais nove cidades dos estados do Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e São Paulo atingidas por desastres naturais. No Ceará, as cidades são: Aiuaba, Morada Nova e Pereiro. O Ministério informou ao O POVO que há, atualmente, 46 municípios cearenses com o reconhecimento vigente por conta da seca/estiagem.

LEIA MAIS| Evento discute gestão de recursos naturais entre Brasil e África

As cidades de Aiuaba, Morada Nova e Pereiro, no Ceará; Curral Novo do Piauí e Jaicós, no Piauí, registraram as secas; e Poço Redondo, em Sergipe. Já Taboleiro Grande (RN) e Itaberá (SP) enfrentam estiagem, enquanto Euclides da Cunha Paulista (SP) registrou chuvas intensas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS| Viagem aérea com animais: o que pode e o que não pode na hora de viajar com o pet

Veja a lista de cidades citadas na portaria Nº 2.875, de 19 de novembro de 2021:

  • CE | Aiuaba | Seca
  • CE | Morada Nova | Seca
  • CE | Pereiro | Seca
  • PI | Curral Novo do Piauí | Seca
  • PI | Jaicós | Seca
  • RN | Taboleiro Grande | Estiagem
  • SE | Poço Redondo | Seca
  • SP | Euclides da Cunha Paulista | Chuvas Intensas
  • SP | Itaberá | Estiagem

Outros quatro municípios cearenses aguardam análise de reconhecimento federal. São eles: Iguatu, Ocara, Aracoiaba e Icó.

Confira a lista de 46 municípios cearenses em situação de emergência:  Clique aqui para baixar o PDF.

 

Apoio financeiro

Com o reconhecimento, os gestores municipais das cidades listadas podem pedir apoio financeiro ao MDR para atendimento à população atingida por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com a aprovação, outra portaria com mais informações será publicada no Diário Oficial da União.

O dinheiro deve ser investido no restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestruturas públicas danificadas.

Última atualização em 25/11/2021, às 8h07

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags