PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Wesley Safadão comenta vídeo de pastor abraçando criança: "Internet doente"

André Vitor, identificado como pastor, aparece em vídeo abraçando uma criança por trás. Ele e Safadão são amigos há pelo menos sete anos e rebateram acusações

13:49 | 26/07/2021
André Vitor e Wesley Safadão são amigos e se conhecem há pelo menos sete anos. (Foto: Acervo Pessoal)
André Vitor e Wesley Safadão são amigos e se conhecem há pelo menos sete anos. (Foto: Acervo Pessoal)

Vídeo publicado nos stories do cantor Wesley Safadão repercutiu negativamente nesta segunda-feira, 26. Nas imagens, é possível ver ao fundo o pastor André Vitor abraçando uma criança por trás e puxando a camisa para baixo em seguida. A menina se afasta rapidamente dele após a aproximação. Safadão rebateu acusações e disse que o homem é de sua "total confiança". 

Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, do portal O Dia, André Vitor explicou que puxou a camiseta para baixo por uma questão de mania. “Estou acima do peso e isso é uma mania minha”, esclareceu. O POVO não reproduz o vídeo para preservar as crianças que aparecem nas imagens.

Ainda segundo ele, há equipe criminal acompanhando a situação. "Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor", completou.

Na internet, usuários apontaram postura de André Vitor como pedofilia. Depois da repercussão negativa, Wesley Safadão apagou as imagens de suas redes e também se pronunciou. O vídeo foi feito durante um momento de comemoração na casa do artista nesse fim de semana.

"Realmente não sei o que está acontecendo no mundo de hoje. Essa internet está doente, Essa é a verdade", começou Safadão. O artista definiu André como a pessoa que mais o ajudou na vida. "Uma pessoa que só edifica minha vida, edifica minha casa, que me aproxima de Deus", disse. 

Safadão declarou ainda que considera André como um "irmão, de total confiança" dele, da esposa e da família. "Realmente é uma grande injustiça o que estão fazendo com ele, o que estão querendo fazer por que isso não vai acontecer porque Deus é maior que tudo", continuou.

Criticando os "juízes da internet", Safadão disse que conhece André há mais de sete anos e reforçou o que o pastor disse sobre a mania de puxar a camisa para não mostrar a barriga por estar acima do peso.

"Então, gente, vamos repensar. São vidas, profissões que estão do outro lado. A gente precisa espalhar mais amor, mais paz", completou Safadão. Pedindo mais empatia e fim do cancelamento, o cantor reiterou "total confiança no amigo".

"O André e uma pessoa que amo demais, uma pessoa de total confiança. Uma pessoa de Deus, maravilhosa, meu irmão só ajuda as pessoas, só faz o bem para as pessoas. Sei que temos de tomar cuidado, mas sei as pessoas que coloco dentro da minha casa", afirmou.