Participamos do

Operação da PF contra fraudes a benefícios emergenciais cumpre mandados em Juazeiro e Maranguape

São cumpridos 29 mandados de busca e apreensão, e quatro mandados de sequestro de Bens. As ações ocorrem no Ceará, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina
10:14 | Jul. 22, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 22, em seis estados, incluindo o Ceará, a Operação Animus Fraudandi, de combate às fraudes aos benefícios emergenciais, pagos a parte da população com dificuldades financeiras em razão da pandemia. São cumpridos 29 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de sequestro de bens, num total de R$ 60 mil bloqueados. Além do Ceará, as ações ocorrem nos estados da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina.

LEIA MAIS| MPF investiga indícios de fraudes em 1,2 mil beneficiários do auxílio emergencial no Ceará

No Ceará, são dois os mandados de busca e apreensão cumpridos, um em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, e outro em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. Os mandados são decorrentes de inquérito policial que apura fraude que envolve investigados beneficiados com pagamentos de boletos fraudulentos com débito em contas de vítimas do esquema criminoso. As diligências desta quinta visam alcançar outros envolvidos nos fatos investigados. Participam da ação cerca de 120 policiais federais.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os trabalhos realizados resultam de uma união de esforços, a Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (Eiafae). Dessa união, participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal (MPF), Ministério da Cidadania, Caixa Econômica Federal (CEF), Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. Os objetivos da atuação são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores.

A Polícia Federal já realizou a deflagração de 114 operações policiais para combater as fraudes aos benefícios emergenciais. Foram expedidos 443 mandados de busca e apreensão e 50 mandados de prisão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags