PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Preso homem apontado como responsável por matar gestante e queimar cadáver

Além da acusação de homicídio e ocultação de cadáver, suspeito teria simulado sequestro da namorada

09:14 | 15/01/2021
Efigênia Soares, de 28 anos, estava no começo da gravidez quando foi morta  (Foto: via whatsApp O POVO )
Efigênia Soares, de 28 anos, estava no começo da gravidez quando foi morta (Foto: via whatsApp O POVO )

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou que prendeu Wando Cordeiro Vasconcelos, de 35 anos, apontado como responsável por matar e queimar o corpo de sua namorada, que estava grávida. Wando ainda teria simulado o sequestro da vítima, segundo a Polícia.

A prisão ocorreu na tarde de quinta-feira, 14, após uma ação que envolveu policiais civis da Divisão Antissequestro (DAS) e da Coordenadoria de Recursos e Operações Especiais (Core), com apoio de informações do Departamento de Inteligência Policial (DIP).

Efigênia Soares, de 28 anos, foi encontrada morta em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A estudante de Fisioterapia havia desaparecido na última quarta-feira, 13. A jovem havia realizado exames de rotina do Pré-Natal, além de comparecer ao estágio no turno da tarde antes de desaparecer.

A família chegou a realizar Boletim de Ocorrência (B.O) informando o seu desaparecimento. Entretanto, a morte da estudante foi confirmada no dia seguinte ao seu desaparecimento.

A Polícia Civil informou que divulgará mais informações sobre o caso em uma coetiva que será realizada às 11 horas, nesta sexta-feira, 15.