PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Eleição dos médicos: situação diz que melhorou imagem do sindicato, oposição critica "negacionismo"

Diferentes visões de sindicato e de políticas públicas dividem as duas chapas na disputa

18:04 | 12/01/2021
Corredores do Hospital Geral de Fortaleza (Foto: Deisa Garcez/Especial para O Povo)
Corredores do Hospital Geral de Fortaleza (Foto: Deisa Garcez/Especial para O Povo)

Duas chapas disputam a eleição do Sindicato dos Médicos do Ceará, uma das mais influentes entidades de trabalhadores no Ceará. Em momento de pandemia, as posições quanto ao enfrentamento da Covid-19 e em relação ao Governo Federal são tema que perpassa a disputa. A chapa vencedora comandará a entidade no próximo triênio, que se estende de 2021 a 2023. A votação será no dia 10 de fevereiro, quarta-feira, entre 8 horas e 20 horas, por meio eletrônico e presencial.

As chapas concorrentes tiveram a candidatura oficializada pela diretoria do sindicato na última quinta-feira, 7. A instituição também empossou a junta eleitoral que, a partir de agora, conduz todo o processo, dando publicidade às chapas inscritas, conforme Estatuto vigente.

A Chapa 1 "Seguir Avançando" se posiciona como uma opção de continuidade às ações realizadas na última gestão. Conta como candidato a presidente o radiologista Leonardo Alcântara. "Nossa prioridade é reforçar a defesa do médico na sua atuação. Já conseguimos melhorar a imagem do Sindicato que, hoje, está muito mais saudável financeiramente. Estamos em defesa da saúde pública e do SUS", afirmou Leonardo em entrevista ao O POVO.

Formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em 2007, Leonardo foi presidente da Sociedade de Radiologia do Ceará e atualmente é diretor financeiro do Sindicato dos Médicos do Ceará, chegando a assumir interinamente a presidência em 2020. A candidata à vice-presidência, Daniele Oliveira Barros, é médica anestesista nas iniciativas privada e pública.

A Chapa 2 "Médicos em defesa da Vida, da Ciência e do SUS" se apresenta como oposição e define a atual gestão como "alinhada cegamente ao Governo Federal". A candidata à presidência é a obstetra Liduina Rocha. "A nossa motivação é fazer com que o Sindicato apoie uma defesa profissional de forma consistente e ética, de forma comprometida com as políticas públicas. Nos últimos anos, o sindicato tem feito escolhas políticas motivadas por interesses individuais e, muitas vezes, negacionistas, como no posicionamento durante esta pandemia", afirmou Liduina à reportagem.

Liduina Rocha é médica há 26 anos. Foi presidente da Associação Cearense de Ginecologia Obstetrícia e pertence, atualmente, ao conselho fiscal da Federação Brasileira de Ginecologia Obstetrícia. Liduina ainda atua no Comitê de Prevenção à Morte Materna do estado do Ceará, e é consultora técnica da Escola de Saúde Pública e assessora técnica da Secretaria de Saúde. Ela é integrante do Coletivo Rebento. O candidato à vice, Roberto da Justa foi presidente da Sociedade Cearense de Infectologia, diretor do hospital São José, em Fortaleza, e coordenador do Departamento de Saúde Comunitária da UFC.

Chapas concorrentes

Chapa 1 – Seguir Avançando

Presidente: Leonardo Jose Araújo Macedo de Alcantara;

Vice-Presidente: Daniele Oliveira Barros;

Secretário Geral: Tiago de Morais Gomes;

Diretor Financeiro e de Patrimônio: Edmar Fernandes de Araújo Filho;

Diretor de Assistência e Defesa Profissional: Francisco Jose Costa Eleutério;

Diretor Comercial, de Comunicação e Eventos: Francisco Abaeté das Chagas Neto;

Diretor de Assuntos Jurídicos: Gleydson César de Oliveira Borges;

1º Suplente da Diretoria Geral: Sandro Roberto Cavalcante Bandeira;

2º Suplente da Diretoria Geral: José Musse Costa Lima Jereissati;

3º Suplente da Diretoria Geral: Leandro Alves Gonçalves;

4º Suplente da Diretoria Geral: Carlos Rander de Macedo Feitosa;

5º Suplente da Diretoria Geral: Ana Francisca Moreira Martins;

Conselheiro Fiscal: Marcelo Esmeraldo Holanda;

Conselheiro Fiscal: Raimundo Alonso Batista de Aquino;

Conselheiro Fiscal: Francisco José Mesquita;

1º Suplente do Conselho Fiscal: Mônica Pinto Silveira;

2º Suplente do Conselho Fiscal: Cicero Thiago Lopes de Sousa;

3º Suplente do Conselho Fiscal: Vanessa Gomes de Moraes Dutra;

Delegado Sobral: Maximiano Muniz Aguiar Lima Ventura;

Delegado Cariri: Rodrigo Macedo Cruz;

Delegado Sertão Central: Aryla de Almeida Silva;

Delegado Litoral Oeste-Jaguaribe: Paulo Roberto Cavalcante de Vasconcelos. 

Chapa 2 – Médicos em defesa da Vida, da Ciência e do SUS

Presidente: Liduina de Albuquerque Rocha e Sousa;

Vice-Presidente: Roberto da Justa Pires Neto;

Secretário Geral: Tais Alves de Lima Matos;

Diretor Financeiro e de Patrimônio: Jaime Alencar Benevides Filho;

Diretor de Assistência e Defesa Profissional: Marco Tulio Aguiar Mourão Ribeiro;

Diretor Comercial, de Comunicação e Eventos: Roberto Ribeiro Maranhão;

Diretor de Assuntos Jurídicos: Teresinha Braga Monte;

1º Suplente da Diretoria Geral: Paulo Giordano Baima Colares;

2º Suplente da Diretoria Geral: Joao Alexandre de Sousa Neto;

3º Suplente da Diretoria Geral: Cleto Dantas Nogueira;

4º Suplente da Diretoria Geral: Paulo Roberto de Assis Almeida e Souza;

5º Suplente da Diretoria Geral: Francisco Paulo Ponte Prado Junior;

Conselheiro Fiscal: Raimundo Jose Arruda Bastos;

Conselheiro Fiscal: Marcos Flavio Holanda Rocha;

Conselheiro Fiscal: Jorge Luiz Nobre Rodrigues;

1º Suplente do Conselho Fiscal: Cicero Ivan de Amorim Rodrigues;

2º Suplente do Conselho Fiscal: Jolhecnny Clarismar Figueira Solorzano;

3º Suplente do Conselho Fiscal: Jose Hortencio dos Santos Neto;

Delegado Região Sobral: Tadeu Rodriguez de Carvalho Pinheiro Filho;

Delegado Região Cariri: Yana Paula Coelho Correia Sampaio;

Delegado Sertão Central: Alcilea Leite de Carvalho ;

Delegado Litoral Oeste - Jaguaribe: Luiz Carlos Andrade Morais. 

Junta Eleitoral

Presidente: Josebson Silva Dias

Representantes Chapa 1: José de Sá Cavalcante Júnior; Alessandrino Terceiro de Oliveira.

Representantes Chapa 2: Ângela Elizabeth de Holanda Araújo Freitas; Ivanovich Barroso Melo.

Eleições sindicais 2021

O acesso à votação por meio eletrônico se dará por meio do site da entidade, que direcionará para o portal das Eleições. O processo eletrônico será organizado por empresa especializada, contratada pela própria instituição e supervisionada por junta eleitoral com representantes das duas chapas. O passo a passo de como votar será divulgado em breve pela entidade sindical.

Já a votação presencial acontecerá na sede do Sindicato, na Rua Pereira Filgueiras, nº 2020, 9º Andar, no bairro Aldeota. No período previsto para a votação, será disponibilizada, no horário das 8h às 20 horas, uma base com dispositivos de acesso à internet para o associado exercer o voto.

Para estar apto a votar, o profissional de medicina precisaria ter regularizado sua situação junto ao Sindicato com até 30 dias corridos antes da eleição, o prazo se esgotou nesta segunda-feira, 11. Também é necessário que o associado esteja com seus dados cadastrais atualizados.