PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará assistirá a uma das chuvas de meteoros mais expressivas em 2020; Interior é ideal para observar

Fenômeno astronômico vai originar até mais de 100 meteoros por hora e é melhor visto em locais mais calmos e afastados da cidade grande, como no interior do Ceará

Matheus Facundo
20:39 | 02/12/2020
Chuva de meteoros que poderá ser vista no Ceará é o último fenômeno astronômico mais expressivo do ano (Foto: Paulo Régis/CASF)
Chuva de meteoros que poderá ser vista no Ceará é o último fenômeno astronômico mais expressivo do ano (Foto: Paulo Régis/CASF)

A chuva de meteoros das Geminídeas poderá ser observada no Ceará neste mês. Por ser mais colorido e numeroso que outros do tipo,é considerado um dos fenômenos mais expressivos na astronomia em 2020. O evento terá seu pico entre os dias 13 e 14 de dezembro e pode ser visto melhor nos locais mais afastados da cidade grande, na natureza, onde o céu é mais limpo e permite uma melhor visibilidade.

De acordo com o tenente Romário Fernandes, docente de astronomia do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará (CBMCE), esta chuva deve originar até mais de 100 meteoros por hora. O evento se difere dos demais por ser ocasionado pela passagem da terra pela órbita de um asteroide. Os outros fenômenos normalmente são formados quando se passa pelo rastro de um cometa.

LEIA MAIS: Dezembro terá fenômeno astronômico que não ocorre desde a Idade Média

"Essa é uma situação excepcional. Esse asteroide se aproxima muito do sol e sofre uma desintegração, o que ocasiona a chuva de meteoros. Esses meteoros se destacam pela cor e pelo número", explica Fernandes. Apesar de o pico ser na madrugada do dia 14 de dezembro, o ponto inicial de irradiação é formado pela constelação de gêmeos e nasce por volta das 22 horas do dia 13, ao Leste. O evento, porém, pode ser observado a noite toda e de qualquer direção.

Veja galeria de fotos de chuvas de meteoros no Ceará

Clique na imagem para abrir a galeria

Tenente Romário aponta que além de estar em um local mais tranquilo, fora das luzes artificiais das metrópoles, é preciso ter paciência e estar em um local confortável para poder observar a chuva de meteoros. "A chuva acontece ao longo de toda a noite. Tem que ter uma vista limpa e livre do céu e ter paciência para ficar observando. Você busca o ponto de irradiação, mas sabendo que a chuva pode aparecer em qualquer lugar", pontua.

O interior do Ceará é ideal para que se observe bem o fenômeno, segundo aponta Romário Fernandes: "É mais fácil de observar no interior por conta da baixa poluição luminosa. Quanto mais afastado das luzes artificiais da cidade, menos iluminação artificial vai atrapalhar a escuridão do céu, dando mais visibilidade pra chuva".

Mais sobre astronomia

Mesmo em meio a isolamento, superlua vira atração na Praia de Iracema

Astronomia: estrelas gigantes e supernovas

Brasil conquista primeiro lugar em olimpíada de astronomia