Participamos do

Agentes do Detran protestam em frente ao órgão e reivindicam pagamento de gratificação

Os agentes alegam que a turma do último concurso para o órgão, realizado em 2017, e que já estão perto de completar dois anos de serviço, não estão recebendo o bônus por risco de vida. O valor equivale à 30% do salário dos agentes
12:14 | Nov. 27, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/CE) realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira, 27, para reivindicar a implantação da gratificação do risco de vida. Os agentes alegam que a turma do último concurso para o órgão, realizado em 2017, já está perto de completar dois anos de serviço e ainda não receberam o benefício. O valor equivale à 30% do salário dos agentes e, segundo os trabalhadores, é necessário pelo perigo que o trabalho no Detran pode oferecer. Órgão nega as denúncias e afirma que existe um processo administrativo para concessão do benefício. 

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará (Sindetran-CE), atualmente cerca de 250 servidores estão sem receber o bônus. O valor estava expresso no edital do concurso. Nesta sexta, pelo menos 50 agentes protestam na sede do Detran da Maraponga, em Fortaleza, em frente ao órgão, de acordo com o Sindicato. Medidas sanitárias devido ao coronavírus estão sendo respeitadas e os trabalhadores estão utilizando máscara e mantendo distanciamento social.

"É um protesto desesperado", definiu a coordenadora do sindicato, Eliane Uchôa. Ela ressaltou que o foco da manifestação é o pagamento do risco de vida, indispensável para os agentes de trânsito. "Não está sendo pago. Já está com um ano e nove meses. Todos os dias os trabalhadores estão fiscalizando, com sobrecarga na pandemia, com tarefas a mais. Nós já tentamos conversar. É um descaso, desvalorização e falta de reconhecimento do trabalho dos agentes", desabafa Uchôa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Conforme a coordenadora, após tentativas de conversas e acordos, o que restou para a categoria foi denunciar e realizar a manifestação. O movimento pode voltar a se repetir, caso a demanda de hoje não tenha retorno, mas Eliane espera que o protesto desta sexta ajude nas negociações. "Ninguém pode aceitar esse tratamento que o Detran está dando", conclui a coordenadora.

Um dos agentes do Detran que esteve na manifestação, mas preferiu não se identificar, explica porquê o risco de vida é tão necessário. "A gente corre risco no trânsito, desde atropelamentos, contato com fumaça dos carros e com asfalto. Tem também ameaças de morte. Tudo isso coloca o agente de trânsito em risco", relata. O trabalhador também ressalta que a gratificação é um direito garantido desde o lançamento do edital do concurso. "Foi previsto risco de vida. As pessoas que fizeram o concurso já sabiam que iam receber esse valor", complementa.

O movimento teve início nas mídias sociais. Os trabalhadores também asseguram que a ação acontece simultaneamente em alguns municípios do Interior. Em Sobral, na região Norte, por exemplo, pode haver paralisação dos setores de habilitação, registro, liberação e vistoria. Também está confirmado o ato nas cidades de Limoeiro do Norte, Iguatu, Itapipoca e Aracati.

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE) ainda afirma que tentou negociar a situação com a superintendência do órgão, inclusive informando a insatisfação dos servidores que ingressaram no último concurso. Segundo o Sindetran, não houve retorno satisfatório.

Resposta do Detran

 

O POVO solicitou informações do Detran sobre o pagamento do risco de vida. Órgão respondeu, em nota, afirmando que "foi surpreendido com uma manifestação formada por aproximadamente 15 servidores e representantes do Sindicato da categoria na frente da Sede do órgão, no bairro Maraponga, uma vez que ontem mesmo, 26, a Diretoria Jurídica do Departamento recebeu a advogada do referido sindicato e repassou todas as informações sobre o status da implantação da gratificação do risco de vida", escreveu o Detran. Ainda segundo o órgão, nenhuma insatisfação chegou à Diretoria do Detran-CE anteriormente, "que sempre esteve à disposição para esclarecer sobre os trâmites desses processos."

O departamento ainda disse que muitos servidores já recebem esta gratificação e aqueles que foram contratados através do último concurso e que estão pleiteando a gratificação de risco de vida estão cientes dos processos administrativos realizados para a concessão desse direito, uma vez que o mesmo não é automático e precisa ser avaliado individualmente. "São necessárias perícias médicas e avaliações para que a gratificação seja concedida, de acordo com a função exercida pelo servidor. Atualmente, 200 processos de gratificações já foram enviados para a Diretoria Financeira para pagamento e apenas 31 estão em análise. O Detran ressalta ainda que os serviços não foram paralisados e segue atendendo a população normalmente durante toda a manhã desta sexta-feira", respondeu órgão.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar