PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Calendário astronômico: astros e alguns eventos que podem ser vistos no Ceará em outubro

Veja também missões espaciais internacionais que acontecerão neste período

17:29 | 03/10/2020
A Via-Láctea vista do Ceará (Foto: Hilbernon Almeida)
A Via-Láctea vista do Ceará (Foto: Hilbernon Almeida)

Composto por duas luas cheias que podem ser vistas do Brasil, chuvas de meteoros e missões espaciais, o mês de outubro começa com uma lua cheia, conhecida nos Estados Unidos como Lua do Caçador. Conheça os astros e fenômenos que podem ser vistos no céu do Ceará neste mês, além de missões espaciais internacionais que acontecerão no período.

Duas luas cheias no mesmo mês

No dia 1º e 31 de outubro deste ano, ocorrem luas cheias, acontecimentos que geralmente acontecem uma vez por mês. A lua cheia do dia 31, chamada de Lua Azul, recebe este nome por ser a segunda lua cheia que acontece no mesmo mês, sem relação com a coloração de algum brilho que ela apresente. De acordo com Romário Fernandes, jornalista e professor de Astronomia do Corpo de Bombeiros do Ceará, o ciclo de fases da Lua é completo em cerca de 29 dias, e quando a lua cheia acontece no primeiro dia de um mês de 31 dias, é esperado que duas luas cheias aconteçam no mesmo mês. De acordo com o Romário, a previsão é que a próxima Lua Azul acontecerá em agosto de 2023.

Marte e a Lua

A partir do dia 2, com a lua no início de sua fase minguante, é possível vê-la no começo da noite próxima à Marte, atingindo seu pico de proximidade por volta de 00h e 01h. No Sul do Brasil, será possível ver a Lua ocultar parcialmente Marte, por volta das 00h. Para observar o evento, é preciso apenas olhar em direção à Lua, em direção Leste, no céu no horário em que estará mais visível.

Marte também atingirá a maior aproximação da Terra durante os próximos 15 anos, por volta do dia 6 de outubro. Portanto, será possível vê-lo brilhar no céu com bastante intensidade, sendo o terceiro astro mais brilhante que poderá ser visto no céu por aproximadamente um mês, brilhando menos apenas do que Vênus e a Lua.

Lua e Vênus

A partir do dia 14, a Lua estará próxima a Vênus no céu ao amanhecer, por volta das 04h da manhã, sendo possível ver olhando também em direção Leste.

Júpiter, Saturno e Lua

Por volta do dia 17, será possível ver um triângulo celeste sendo formado entre os astros, podendo ser vistos desde o pôr do sol até por volta de 00h. Em um breve momento no dia 17, também será possível ver a Lua em conjunção com Mercúrio, olhando na direção oeste.

Chuva de meteoros

Com pico no dia 22 de outubro, será possível ver a chuva de meteoros chamada Orionídeas, que recebe esse nome por parecer surgir da constelação de Órion. De acordo com Romário, será possível vê-la do Ceará, com uma máxima de 20 meteoros por hora, de locais mais afastados da Capital.

Missões espaciais

Durante o mês de outubro, também acontecerão algumas missões espaciais feitas por outros países, uma delas é a Missão Soyuz MS-17, lançada no Cazaquistão, no cosmódromo de Baikonur, rumo à estação espacial internacional (ISS). Com transmissão ao vivo pela internet, o astronauta americano Kate Rubins e os cosmonautas russos Sergey Ryzhikov e Sergey Kudsverchkov irão decolar por volta de 03h do dia 14 de outubro. As informações são do portal Olhar Digital.

Ainda de acordo com o portal, no dia 16, o foguete Soyuz-2 será lançado carregando o satélite de observação terrestre Falcon Eye 2, para os Emirados Árabes.

No dia 23 de outubro, será lançada a primeira missão tripulada operacional da SpaceX, de acordo com o portal Olhar Digital. Nomeado Crew-1, levará os astronautas americanos Michael Hopkins, Victor Glover e Shannon Walker, e o japonês Soichi Noguchi, saindo do Centro Espacial Kennedy, na Flórida (EUA).