PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Homem mata mulher e duas filhas e detalha agonia das vítimas escrevendo em colunas de imóvel onde foi preso

Antônio Humberto Santos é acusado de ter assassinado a esposa e as duas filhas na noite de ontem, 1º. Os escritos nas colunas foram feitos com carvão

12:42 | 02/05/2020
Acusado fez inscrições nas colunas de galpão onde foi preso. Nos escritos, ele descreve que matou as filhas e a esposa e relata o sofrimento de cada uma
Acusado fez inscrições nas colunas de galpão onde foi preso. Nos escritos, ele descreve que matou as filhas e a esposa e relata o sofrimento de cada uma (Foto: Reprodução/WhatsApp O POVO)

Atualizada às 15h49

Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) conduziu na manhã deste sábado, 2, o suspeito de ter cometido um triplo homicídio no bairro Messejana. Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), Antônio Humberto Santos, 46, confessou ter assassinado a esposa e as duas filhas na noite de ontem, 1º.


No local onde ele foi preso, um galpão próximo onde eles moravam, Humberto usou carvão para escrever, nas colunas de sustentação do imóvel, como a mulher e as crianças foram assassinadas. Ele chega a dar minúcias do sofrimento de cada uma ao serem mortas. O acusado conduzido ao 30º Distrito Policial, no Bairro São Cristóvão, para os procedimentos cabíveis.


Nas mensagens, ele dá detalhes sobre o sufocamento, as facadas e as últimas palavras de cada vítima. A veracidade das informações foi confirmada pela assessoria da Polícia Militar. Na casa onde foi cometido o triplo homicídio, a família morava há mais de dez anos, segundo testemunho de vizinhos.


A PMCE foi acionada ainda na noite de ontem, por volta das 18 horas, para a ocorrência. No interior da residência das vítimas, foram localizados dois corpos enrolados em uma rede, e uma terceira pessoa também em óbito.


As vítimas foram identificadas como Josélia Nunes Moura Santos, 39; Clara Mayelle Nunes Moura Santos, 11; e Yonara Antonele Nunes Moura Santos, 7. As três foram encontradas com lesões de facadas e pauladas.


Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local do crime e realizaram os primeiros levantamentos do assassinato.

Clique na imagem para abrir a galeria