PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

77 policiais militares não se apresentam à Operação Carnaval e são incluídos em lista de "desertores"

Agentes deveriam reforçar a segurança de, pelo menos, 19 pontos no interior do Estado

Marcela Tosi
21:11 | 22/02/2020
Os policiais deveriam ter se apresentado para participar da Operação Carnaval no Estado
Os policiais deveriam ter se apresentado para participar da Operação Carnaval no Estado (Foto: FCO FONTENELE)

A Polícia Militar do Estado do Ceará classificou 77 policiais militares como "desertores". Os agentes não se apresentaram à Operação Carnaval de 2020, tampouco apresentaram qualquer justificativa para o não comparecimento. A lista foi publicada neste sábado, 22, em boletim interno extraordinário do Comando Geral da Polícia Militar e confirmada pela instituição.

Os policiais estavam escalados para reforçar a segurança de, pelo menos, 19 pontos no interior do Estado. Agora, eles estão sujeitos a punições que podem ir desde o afastamento temporário até a expulsão. 

Entre as localidades que deveriam receber o efetivo estão Aracati, Beberibe, Camocim, Cascavel, Granja, Ocara, Paraipaba, Paraipaba/Praia da Lagoinha, Pecém, Pindoretama, Redenção, Reriutaba, São Benedito, São Gonçalo do Amarante/Croatá, São Gonçalo do Amarante/Várzea Redonda, São Luís do Curu, Taíba, Trairi/Praia de Mundaú e Trairi/Praia de Flecheiras.

Motim

Ontem, sexta-feira, conforme Diário Oficial do Estado (DOE), a CGD instaurou Conselho Disciplinar contra outros 160 policiais identificados como suspeitos de integrar grupos que promovem motim na PMCE. Com esses, somam 168 policiais afastados por suspeita de motim. Oito policiais já haviam sido afastados, com publicação no Diário Oficial do Estado da quinta-feira, 20.