PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará registrou mais de 61 mil raios em 2020, 83% de todo o registro de 2019

Em fevereiro, duas pessoas morreram devido às descargas elétricas

Alan Magno
23:58 | 19/02/2020
Ceará registrou mais de 61 mil raios em 2020, até 13 de fevereiro
Ceará registrou mais de 61 mil raios em 2020, até 13 de fevereiro (Foto: Fco Fontenele)

O sistema de monitoramento e alerta de raios da companhia de energia elétrica Enel registrou, de janeiro até 13 de fevereiro, a ocorrência de 61 mil descargas elétricas no Ceará. Três pessoas foram atingidas, duas delas morreram. O acumulado de 2020 corresponde a cerca de 83% de todo o ano de 2019, quando foram registradas 74.304 descargas atmosféricas em todo o Estado.

O município mais atingido foi Santa Quitéria, com 2.955 raios, seguido por Granja (2.811), Sobral (2.268), Ipueiras (1.844) e Crateús (1.690). Cerca de 70% de todas as ocorrências registradas este ano concentram-se na região norte do Estado. No que diz respeito aos dias, a última quinta-feira de fevereiro, 13, teve a maior concentração de raios do ano, totalizando 8.158 ocorrências.

De acordo com o Núcleo de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, órgão vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em fevereiro, no Ceará, os raios atingiram três pessoas, todas no interior do Ceará. As duas mortes foram registradas no dia 10, última segunda-feira, pelo período da manhã.

A primeira ocorreu no município de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Fortaleza. Um homem 45 anos estava em casa quando teve sua residência atingida por um raio. Ele chegou a ser socorrido mas não resistiu. A segunda morte envolveu um agricultor de 48 anos que estava dando uma pausa no trabalho na roça, no município de Itarema, para almoçar, quando foi atingido pela descarga elétrica. Ele morreu logo após o incidente. Os homens não tiveram suas identidades reveladas.

A terceira vítima dos raios este mês, também agricultor, teve 30% do corpo queimado pela descarga elétrica, sofrendo queimaduras de até 3° grau. O fato ocorreu na manhã do sábado, 15 de fevereiro, quando Renato Alves da Silva, de 39 anos, caminhava por um roçado localizado na zona rural de Cariri, na cidade de Juazeiro do Norte, quando foi atingido.

DICAS DE PREVENÇÃO

Para evitar acidentes e fatalidades, a Enel aconselha que as pessoas, se possível, fiquem em casa ou em locais fechados, enquanto a tempestade durar. Além disso, dentro das residências, o aconselhado é evitar utilizar celular, secador de cabelo ou ferro elétrico ligados à tomada, bem como não realizar consertos de instalações elétricas.

O contato com eletrodomésticos que utilizam água e energia, como chuveiro ou torneira elétricos, não é indicado. Nas situações em que não seja possível ficar em casa, o recomendável é evitar campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas e postes de energia.