PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

APA da Bica do Ipu é beneficiada com projeto de preservação e recuperação de nascentes

Nesta fase, haverá a recuperação da nascente do Riacho Ipuçaba, no Sitio São Paulo

11:32 | 14/02/2020
IPU, CE, BRASIL, 22-10-2019:. BICA DO IPU. (Foto: Júlio Caesar/O Povo)
IPU, CE, BRASIL, 22-10-2019:. BICA DO IPU. (Foto: Júlio Caesar/O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)


Entre as diversas árvores da Mata Atlântica no Ceará, que crescem na Serra da Ibiapaba, surge uma das nascentes do Rio Acaraú, segundo maior rio do Ceará. Para preservação da região, a Área de Proteção Ambiental ( APA) da Bica do Ipu recebe nesta sexta-feira, 14, a inauguração do projeto “Preservação de Nascentes da Bacia do Acaraú", na sede da Unidade de Conservação (UC) da região.

Nesta fase, haverá a recuperação da nascente do Riacho Ipuçaba, no Sitio São Paulo. Ele forma diversas cachoeiras,incluindo a Bica do Ipu, que sofreu diversos incêndios nos últimos anos e passou meses sem registrar água.

A bica, que é a maior queda d'água da Serra da Ibiapaba, será a primeira de outras regiões que devem receber ações. Outras nascentes do rio Acaraú devem ser recuperadas também. Ao todo, o afluente se estende por 370km, nascendo na Serra das Matas, em Monsenhor Tabosa, e deságua no Oceano Atlântico, no município de Acaraú.

As ações do projeto são de mapeamento, cercamento da área, recuperação da mata e preservação, principalmente da mata ciliar. A iniciativa foi lançada pelo Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) do Acaraú, com o apoio da secretarias estaduais do Meio Ambiente (Sema), dos Recursos Hídricos (SRH) e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).