PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Cariri e litoral leste do Ceará apresentam chuva nesta quarta-feira

O Instituto Nacional de Meteorologia prevê chuvas significativas para todas as regiões do Brasil

Ismia Kariny
10:39 | 29/01/2020
Fortaleza apresenta cenário breve de névoa na manhã desta quarta-feira
Fortaleza apresenta cenário breve de névoa na manhã desta quarta-feira (Foto: Lucas Braga)

A região do Cariri e a porção leste do Litoral cearense apresentaram chuva passageira e de intensidade fraca na manhã desta quarta-feira, 29. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as condições para precipitação devem se restringir à região noroeste do Estado ao longo desta quarta-feira, 29, com possibilidade de chuva entre as macrorregiões do Litoral Norte e Ibiapaba.

Para o restante do dia, a previsão do tempo indica nebulosidade variável no Ceará, com céu parcialmente nublado durante a tarde e a noite. Para a quinta-feira, as condições de chuva devem se estender também para regiões do Maciço de Baturité e a faixa litorânea. A expectativa é de cenário mais favorável para chuva a partir da sexta-feira, 31. O Estado tem registrado ventos fortes nos últimos dias

De acordo com balanço parcial da Funceme, das 7 horas da terça-feira até o mesmo horário desta quarta-feira, choveu em pelo menos 40 municípios do Ceará. Os maiores acumulados foram em São Gonçalo do Amarante, com 46 mm, Itapipoca, com 45.2 mm e Ocara, com 29.0 mm.

Inment prevê chuva para todas as regiões do Brasil

Inmet prevê chuva em todas as regiões do País; a figura apresenta a previsão de chuva acumulada entre os dias 27 de janeiro até o dia 02 de fevereiro de 2020
Inmet prevê chuva em todas as regiões do País; a figura apresenta a previsão de chuva acumulada entre os dias 27 de janeiro até o dia 02 de fevereiro de 2020 (Foto: Divulgação/Inmet)

Até o próximo domingo, 2, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) indica chuvas significativas em grande parte do território nacional. De acordo com o boletim divulgado na segunda-feira, 27, o acumulado de precipitação na região Nordeste pode chegar a 100 mm, no estado do Maranhão. Já no oeste do Ceará e no Piauí, a precipitação pode acumular 80 mm.

Também há projeção de chuvas expressivas para a região centro-oeste do País, com possibilidade de acumular entre 50 mm e 100 mm em Mato Grosso. Na Região Norte, os valores de precipitação acumulada ficarão em torno de 35 mm, podendo chegar aos 80 mm. No sul do estado da Amazônia, norte e leste do Pará e norte do Tocantins, o acumulado pode se aproximar de 100 mm.

Haverá ainda a continuidade das chuvas no Sudeste. Em Minas Gerais, os volumes de precipitação devem ficar na faixa de 20 mm e 50 mm, e em algumas localidades pode ultrapassar os 80 mm. As chuvas em Minas Gerais já provocaram 52 mortes, principalmente em decorrência de desabamentos. São Paulo e Rio de Janeiro terão volumes a partir de 40 mm, podendo alcançar os 100 mm; enquanto no Espírito Santo, o acumulado deve variar entre 10 mm e 40 mm.

Já na Região Sul, a tendência é de maior concentração das chuvas nos estados de Santa Catarina e Paraná, com acumulados entre 50 e 100 mm. Na metade norte do Rio Grande do Sul, o acumulado deve ficar entre 30 e 60 mm, e no sul do estado, o total acumulado deve ficar na faixa entre 7 e 30 mm.