PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará é o segundo do Brasil em redações nota mil no Enem 2019

Entre os estados do Nordeste, o Ceará obteve o 1º lugar. A maioria das redações foi escrita por mulheres

19:10 | 23/01/2020
CADERNOS DAS PROVAS que foram aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro do ano passado
CADERNOS DAS PROVAS que foram aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro do ano passado (Foto: Inep/Divulgação)

Das 53 notas máximas na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, seis foram escritas por participantes cearenses. Isto configura o Ceará como segundo lugar do Brasil em notas mil, ficando empatado com o estado do Rio de Janeiro. As duas unidades de federação ficam atrás apenas de Minas Gerais, com 13 notas máximas.

As notas mil no Ceará aumentaram em relação a edição passada do exame. No Enem 2018, foram cinco redações nota mil

A idade dos cearenses nota mil varia entre 17 e 25 anos. A maioria dos textos foi escrita por mulheres, que também dominaram o cenário nacional. 32 notas máximas vieram de candidatas do sexo feminino, o que representa 60% das redações mil. O balanço foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O Ceará também desponta como o 1º estado do Nordeste com notas máximas. O Rio Grande do Norte vem em segundo lugar, com três notas mil. No total, 16 estados e o Distrito Federal tiveram participantes com redação nota mil.

O tema da redação do Enem 2019 foi "Democratização do acesso ao cinema no Brasil" e, na época, chegou a causar surpresa em professores.