PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Chuvas de pré-estação se concentram na faixa litorânea, Maciço de Baturité e parte do Sertão Central

Alterações nas condições de tempo reduzem chances de chuva no Ceará entre esta sexta-feira, 3, e sábado

09:27 | 03/01/2020
Ano começou com chuva em Fortaleza e outros municípios do Ceará
Ano começou com chuva em Fortaleza e outros municípios do Ceará (Foto: Sandro Valentim/O POVO)

A pré-estação chuvosa começou com precipitações concentradas na faixa litorânea, na Região Metropolitana de Fortaleza, Maciço de Baturité e parte do Sertão Central. Desta quinta-feira, 2, até esta sexta-feira, 3, choveu em pelo menos 51 municípios cearenses. A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de predomínio de nebulosidade variável com possibilidade de chuva fraca na Ibiapaba e no sul do Estado, nesta sexta.

O Ceará não está mais sobre a influência do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (Vcan), sistema meteorológico que, a depender da sua posição, pode contribuir para formação de áreas de instabilidade. Com o deslocamento do Vcan para o oceano, houve uma redução na umidade relativa do ar. Com isso, a previsão para todo o estado é de diminuição das chuvas nos próximos dias.

Da manhã da terça-feira, 31 de dezembro de 2019, até as 7 horas do dia seguinte, já havia chovido em cerca de 94 municípios do Ceará, segundo o balanço parcial divulgado pela Funceme na quarta-feira, 1º. O município com maior registro pluviométrico foi Farias Brito, com 122 milímetros, seguido de Aracati, na região da Mata Fresca, com 107.8 milímetros.

Ainda segundo a Funceme, a partir das 7 horas da manhã da quarta-feira, 1º, até o mesmo horário da quinta-feira, 2, foram registradas chuvas em pelo menos 50 municípios, com maior precipitação em Pedra Branca (57 mm), Tabuleiro do Norte (44,6 mm), Redenção (40,5 mm) e Fortaleza (38,2 mm).

Já no intervalo entre as 7 horas da quinta-feira, 2, até o mesmo horário desta sexta-feira, 3, o balanço parcial indica registros de chuvas em, pelo menos, 22 municípios. Os maiores acumulados foram em:

  • Barroquinha: 68.0 mm
  • Barro: 22.6 mm
  • São Gonçalo do Amarante: 19 mm
  • Aquiraz: 17 mm
  • Paracuru: 14.8 mm