PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará registra menor desmatamento da Mata Atlântica, aponta pesquisa

Nove estados estão com nível de desmatamento zero, com desflorestamento abaixo de 100 hectares

21:45 | 26/05/2019

Único bioma brasileiro amparado por lei específica, a Mata Atlântica teve seu nível de desmatamento reduzido em 2018. De acordo com Atlas da Mata Atlântica, houve queda de 9,3% no desflorestamento, no comparativo o ano anterior. Dos 17 estados brasileiros cobertos, o Ceará é o que menos desmatou no período.

Dados apontam que no último ano foram destruídos 11.399 hectares (ha), ou 113 quilômetros quadrados, de áreas de Mata Atlântica. Em 2017, o desmatamento tinha sido de 12.562 hectares (125 quilômetros quadrados).

Nove estados estão com nível de desmatamento zero, isto é, com desflorestamentos abaixo de 100 hectares. O Ceará lidera a lista, com 7 ha, seguido por Alagoas (8 ha), Rio Grande do Norte (13 ha), Rio de Janeiro (18 ha), Espírito Santo (19 ha), Paraíba (33 ha), Pernambuco (90 ha), São Paulo (96 ha) e Sergipe (98 ha).

Apesar dos resultados positivos desta edição, cinco estados ainda mantêm elevados índices de desmatamento. São eles: Minas Gerais (3.379 ha); Paraná (2.049 ha); Piauí (2.100 ha); Bahia (1.985 ha); e Santa Catarina (905 ha).

Desde 1985, o Atlas da Mata Atlântica monitora o bioma, que abrange também regiões no sudeste do Paraguai e a província de Misiones, na Argentina. É uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

Wanderson Trindade