PUBLICIDADE
Ceará
Combate ao tráfico

Armas e drogas são encontradas em casa de adolescente que namora suspeito; mãe da menina é presa

As investigações acerca do assassinato de um vigilante no fim do ano passado levaram até uma residência na Caucaia, onde o material foi apreendido

18:36 | 27/03/2019
Entre os itens, uma metralhadora artesanal, uma escopeta calibre 12, um revólver, uma pistola, munição dos armamentos, cinco celulares, uma balança de precisão, dinheiro e drogas
Entre os itens, uma metralhadora artesanal, uma escopeta calibre 12, um revólver, uma pistola, munição dos armamentos, cinco celulares, uma balança de precisão, dinheiro e drogas(Foto: Izadora Paula/Especial para O POVO)

A Polícia Civil do Estado do Ceará apreendeu, após investigações, quatro armas de fogo, drogas e material utilizado no tráfico em uma residência no Picuí, Caucaia. O material estava guardado na casa de uma adolescente, que mantinha relacionamento com o suspeito de envolvimento no assassinato de um vigilante.

A operação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) começou em dezembro, com a prisão em flagrante de Antonio Marcos Xavier do Santos, o Marcão, Antônio Rafael de Souza Torres, conhecido como Catu. Os dois foram presos pelo homicídio de Thiago Arruda de Sousa, um vigilante noturno em Caucaia.

As investigações levaram a José Laurenir Araújo, conhecido como Aldenir, que mantinha um relacionamento com uma adolescente de 14 anos de idade. Na casa dessa jovem foi encontrado todo o material apreendido. Entre os itens, uma metralhadora artesanal, uma escopeta calibre 12, um revólver, uma pistola, munição dos armamentos, cinco celulares, uma balança de precisão, dinheiro e drogas.

A mãe da adolescente, de 41 anos, foi apreendida em flagrante, por ser responsável legal pela jovem. Ela não tem passagem anterior pela Polícia e deve responder pelos artigos 33 (ter em depósito drogas) e 35 (associação para o tráfico) do Código Penal, além dos Artigos 16 (possuir arma de fogo e munição de uso restrito) e 12 (possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, em desacordo com determinação legal) do Estatuto do Desarmamento. O POVO Online preserva o nome da mãe para não expor a adolescente.

O delegado adjunto da DCTD afirmou que, no caso da escopeta, acredita que o item seja parte da coleção de um atirador licenciado, por se tratar de material importado (Mossberg Maverick 88).

IZADORA PAULA