PUBLICIDADE
Notícias
preso em Horizonte

Agente penitenciário é suspeito de ser mandante de homicídio de guarda municipal, diz Polícia

Com ele, foi apreendido uma pistola calibre 380. A Delegacia de Assuntos Internos (DAI) informou que autuou o homem por tráfico de drogas, peculato e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido

19:36 | 07/02/2019
A operação da polícia foi realizada em conjunto habitacional de Horizonte. (Foto: via WhatsApp OPOVO)
A operação da polícia foi realizada em conjunto habitacional de Horizonte. (Foto: via WhatsApp OPOVO)

Um agente penitenciário preso nesta quinta-feira, 7, durante operação policial em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), é suspeito de ser mandante do assassinato de um guarda municipal no Município, em 2017. A informação foi repassada por uma fonte da Delegacia Metropolitana de Horizonte.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) não confirma que o homem seria mandante do crime, apenas informou, por meio de nota, que ele é “investigado por envolvimento em práticas ilícitas na região”. De acordo com a pasta, Paulo Rodrigues da Silva, de 39 anos, era lotado na Cadeia Pública de Pacajus. Com ele, foi apreendido uma pistola calibre 380.

A ação, que resultou na apreensão do indivíduo, foi deflagrada no conjunto habitacional José Lino da Silveira, conhecido como "tribunal do crime" ou "Carandiru".

Por meio de nota, a Delegacia de Assuntos Internos (DAI) informou que autuou o agente penitenciário por tráfico de drogas, peculato e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. A Controladoria Geral de Disciplina (CGD) determinou a instauração do procedimento disciplinar, para apuração do caso.

A operação

O condomínio, que possui aproximadamente 936 unidades, era utilizado por uma determinada facção criminosa para "fazer julgamentos" e traficar drogas e armas, conforme fonte da Delegacia Metropolitana de Horizonte.

Além de Paulo Rodrigues, foi preso em flagrante José Denilson da Silva Freitas de Brito, de 27 anos. Ele não possuía antecedentes criminais. Em sua residência, foram encontrados 15 papelotes de cocaína e pedras de crack. Este material foi encaminhado para a Delegacia do Município, para realização de um inquérito policial por tráfico de drogas.

A ação começou por volta das 4 horas e contou com cerca de 300 agentes de segurança. A SSPDS disse que foram empregados profissionais das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), Força Nacional e uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Operações policiais estão sendo realizadas na área. Conforme a SSPDS, durante investigações preliminares, os agentes de segurança já tinham detido cinco indivíduos, pertencentes à mesma organização criminosa.

A prisões e apreensões em Horizonte tiveram início em 26 de janeiro, com a captura de William Rodrigues da Silva, de 20 anos, que já responde por porte ilegal de arma de fogo.

No dia dia 29 de janeiro, um adolescente de 17 anos foi detido. Ele é investigado por homicídio, roubo, tráfico de drogas e tortura. Um dia depois, outro adolescente de 17 anos foi apreendido e responderá por um ato infracional análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo.

Na segunda-feira, 4, um homem identificado como Antônio Ermilson dos Santos Pereira, de 18 anos, mais conhecido como "3D", foi capturado. Ele já possui antecedente criminal por tráfico de drogas e foi autuado em flagrante por roubo e receptação. Por fim, na terça-feira, 5, outro adolescente de 17 anos foi detido e responderá um ato infracional análogo ao tráfico de drogas.

Segundo a SSPDS, os indivíduos planejavam ações criminosas contra prédios públicos e privados em Horizonte.

Redação O POVO Online