PUBLICIDADE
Notícias
Itaitinga

Bairro tem queda de energia e Enel dá prazo de quase 24 horas para restabelecer

23:16 | 26/02/2019

Parte das residências do bairro Parque Dom Pedro, em Itaitinga, está às escuras desde as 22 horas desta terça-feira, 26. Moradores relataram ao O POVO que viram um clarão no poste localizado na esquina entre as ruas K e S no momento da queda no abastecimento.

Por meio das redes sociais, eles afirmam que, após entrarem contato com a Enel, o prazo dado para a regularização do serviço foi de até às 18h20min de amanhã, 27, quarta-feira, quase 24 horas depois do problema ser registrado.

Bairro de Itaitinga tem queda de energia nesta terça-feira, 25
Bairro de Itaitinga tem queda de energia nesta terça-feira, 25 (Foto: FOTO: Thiago Paiva/O POVO)

"A falta de energia é constante, parece que sempre remediam, mas nunca consertam de verdade. Para quem tem filhos pequenos como eu, é um problema, pois além do calor e escuridão, deixando a criança inquieta, ainda tem os alimentos que perdem a refrigeração necessária", afirma o morador e publicitário Euriano Sales, que em 2017 chegou a registrar queixa junto à Ouvidoria da Enel, por conta das consecutivas quedas de energia na região. Em vão.

Esta é a segunda vez, somente este ano, que o problema acontece. Em janeiro, durante o ciclo de atentados criminosos, também houve queda no abastecimento local, no mesmo horário. Na ocasião, o problema só foi regularizado por volta das 10 horas da manhã seguinte, por conta do risco da queima do veículo utilizado na prestação de serviços à concessionária durante a noite.

Ainda em janeiro, após realizarem o serviço, técnicos da própria Enel informaram aos moradores que era necessária a ampliação da capacidade da rede local, que não estaria mais suprindo as necessidades do bairro, sobretudo nas ruas K, S e T.

Desta vez, porém, o reparo deverá demorar ainda mais. "Já morei em dois bairros de Fortaleza e nunca experimentei tantas faltas de energia quanto aqui em Itaitinga. Ainda não perdi nenhum eletrodoméstico, mas o transtorno de ficar sem energia por longos períodos é desgastante", reclama Fred Santos, também morador do bairro.

Thiago Paiva