PUBLICIDADE
Notícias
guerra de facções

Dupla é presa suspeita de torturar e manter mulher refém no bairro Conjunto Palmeiras

Segundo a Secretaria da Segurança, a vítima tinha passagens pela Polícia por roubo e furto. Dois suspeitos foram detidos

12:03 | 23/02/2019

A Polícia Militar do Ceará prendeu dois homens, na noite dessa sexta-feira, 22, no bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), a dupla é suspeita de manter em cárcere privado e agredir uma mulher de 26 anos. 

Júlio César Lopes dos Santos, 22 - com antecedentes criminais por homicídio - e Francisco David Souza de Oliveira,19, sem antecedentes, foram detidos. Eles foram encaminhados ao 30º Distrito Policial, onde foram autuados em flagrante por tortura, sequestro e cárcere privado e por organização criminosa.

De acordo com a Polícia, por volta de meio-dia, quatro homens invadiram a residência da jovem, localizada no Bairro Planalto Ayrton Senna. A mulher foi colocada dentro de um veículo e levada em direção ao Conjunto Palmeiras. No cativeiro, foi espancada e torturada. Os criminosos, segundo a PMCE, pertencem a uma facção rival.

A vítima, que tinha passagens pela Polícia por roubo e furto, foi socorrida e encaminhada para um hospital. A Polícia busca agora capturar outros suspeitos do crime. A SSPDS indica que quem tiver informações que possam ajudar na localização dos suspeitos denuncie pelo número 181 ou pelos telefones 3101 3525 / 3101 3526, do 30º Distrito Policial. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Redação O POVO Online