PUBLICIDADE
Notícias

Bloco da comunidade Poço da Draga estreia no Carnaval e convida à mistura

A campanha de financiamento do bloco continua até o dia da festa, conforme organizadores. Além de celebrar o Carnaval, bloco surge com a proposta de aproximar as pessoas para as questões sociais da comunidade

16:30 | 23/02/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O Poço da Draga coloca seu bloco na rua na terça-feira de Carnaval, 28. A concentração é no Pavilhão Atântico e cortejo pela rua principal da comunidade. A festa é um convite à mistura, forma de celebrar a Praia de Iracema e a cidade. O Cai no Poço é o resultado de esforços dos moradores e apoiadores para fomentar a relação histórica da comunidade centenária com Fortaleza.

A campanha de financiamento coletivo para cobrir os gastos da festa continua, mas os principais custos já estão sendo cobertos por meio do investimento de 40 pessoas e apoio do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e da Fundação Sintaf. As novas doações servirão para incrementar a programação da festa, que também terá um baile carnavalesco.

O bloco surge do Movimento Pró Poço, como conta a professora Germana Lima, que cresceu na comunidade. "O movimento tem o objetivo de desenvolver o que a comunidade tem de bom, resgatando a história e a cultura”, afirma. O Poço da Draga fica localizada entre os bairros Centro e Praia de Iracema, integrando a área da Ponte Metálica, que era utilizada para o embarque e desembarque de mercadorias.

O artista e educador Enrico Rocha, que desenvolveu projetos com os moradores, criou a campanha na plataforma de financiamento coletivo Vakinha. Ele destaca a potência que a festa tem de aproximar as pessoas e fortalecer a comunidade politicamente.

"A festa é capaz de gerar afetos e promover cuidados mútuos. Eu morei na rua dos Tabajaras durante cinco anos e também me aproximei nos movimentos de crítica ao Acquário Ceará. Pensamos em valorizar a comunidade e defender uma cidade mais democrática e acessível", frisa ele.

A folia iniciará com a banda Samba Brasil, cujo intérprete, Júnior Panthera, é nascido e criado na comunidade. A banda Salada Mista, que terá a cantora Bárbana Sena nos vocais, ser[a responsável pela abertura do baile Cai no Poço, que será finalizado pela discotecagem de Estácio Facó e Darwin Marinho.

“Vamos ter marchinhas tradicionais, pensando nas antigas gerações e nas pessoas de meia idade. Tem muito isso do tradicional, então vai ter samba e o cortejo será acompanhado por uma charanga. O fechamento com os DJs mistura coisas atuais com os ritmos que tem a ver com a comunidade, como lambada e carimbó", completa Germana.

SERVIÇO
Bloco Cai no Poço!
Quando: Terça-feira, 28, a partir das 14 horas
Onde: Concentração no Pavilhão Atlântico (próximo à Ponte Metálica na entrada da Comunidade o Poço da Draga, no final da Av. Almirante Tamandaré)
Programação:

14 horas: concentração

14h30: banda Samba Brasil, com Junior Panthera, Cimar (bateria), Edmar Tubarão (cavaco), Jamil (viola) e Kall (percussão geral)

15h30: cortejo com charanga de metais e percussão pela comunidade

17h30: abertura do Baile Cai no Poço com a banda Salada Mista, formada especialmente para a ocasião pelos músicos Bárbara Sena (voz e direção), Ayrton Pessoa (teclado e vocais), Bruno Silva (guitarra e vocais), Mancha Júnior (bateria) e Heitor Azevedo (baixo)

18h30 às 20h: Baile Cai no Poço com discotecagem de Estácio Facó e Darwin Marinho.

Mais informações: https://www.facebook.com/blococainopoco/
Doações: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cai-no-poco/

 


Redação O POVO Online

TAGS