Camilo anuncia criação de grupo especial de investigação para apurar tragédia em Milagres
PUBLICIDADE
Notícias


Camilo anuncia criação de grupo especial de investigação para apurar tragédia em Milagres

De acordo com governador, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) abriu investigação preliminar para apurar o ocorrido

17:28 | 09/12/2018

O governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT), utilizou o Facebook na tarde deste domingo, 9, para atualizar informações sobre a ocorrência em Milagres, na Região do Cariri, que deixou 14 mortos.

Ele informou que foi criado um grupo especial de investigação para o caso. A ação deve reunir a Delegacia Regional de Brejo Santo, a Delegacia Municipal de Milagres e apoio da Delegacia de Roubos e Furtos e do Departamento de Polícia do Interior Sul.

De acordo com Camilo, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) abriu investigação preliminar para apurar o ocorrido. “Até o momento, oito suspeitos já foram presos em flagrante e 24 pessoas foram ouvidas. As armas dos suspeitos e dos policiais envolvidos na ação foram recolhidas pela Polícia Civil para serem periciadas”, informou. “

[SAIBAMAIS]

"Nenhuma ação da polícia cearense é feita com a intenção deliberada de tirar vidas, muito menos de vítimas inocentes, que devem sempre ser protegidas em primeiro lugar”, completou o governador.

Desde o momento do fato, ele afirma que tem prezado por uma “investigação rigorosa e isenta”, de modo que a ação e seus responsáveis sejam apurados com cautela. “Este momento nos coloca um dever ainda maior de proteger vidas e fortalecer a paz”, finalizou, prestando solidariedade às famílias das vítimas da tragédia.

Redação O POVO Online

TAGS