Participamos do

Menina de 8 anos é atingida por muro de Metrô durante festa do Dia das Crianças

A garota sofreu diversas fraturas. Caso aconteceu no Recife
12:46 | Out. 17, 2021
Autor Jornal do Commercio
Foto do autor
Jornal do Commercio Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma menina de 8 anos ficou gravemente ferida pela queda de um muro do Metrô na Comunidade do Papelão, no Coque, área central do Recife. Ela está está entubada na UTI do Hospital da Restauração (HR) em estado grave e com respiração mecânica. A garota teve politraumas e passou por cirurgia na bacia. A estimativa dos médicos, segundo a assessoria de imprensa do HR, é que a criança fique no mínimo 48h na UTI, período previsto de recuperação do pós-cirúrgico.

A cirurgia na bacia acabou na madrugada deste domingo. Revoltados com o acidente, moradores da comunidade planejam um ato para cobrar providências da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

A menina participava de uma festa, no sábado, em comemoração ao Dia das Crianças, na Avenida Central. Por volta das 13h, uma das placas do muro caiu em cima dela. Jonata Santos, que coordena o projeto Mão Amiga, responsável pelo evento, informou que havia cerca de 150 crianças no local, além de 20 voluntários e familiares da garotada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Foi muito sério o que aconteceu e poderia ter atingido mais crianças. Uma placa dessa deve pesar mais de 200 quilos. Ela teve hemorragias na boca, no nariz e na vagina porque houve rompimento da bacia", contou Jonata. "O estado dela é grave", destacou.

"A comunidade está muito revoltada. Vários ofícios já foram enviados para a CBTU, pelo ponto de cultura que existe no Coque, alertando sobre a situação dos muros e pedindo providências. Infelizmente nada foi feito e acontece uma tragédia dessa", comentou Jonata. Segundo ele, a menina ferida é uma das mais ativas do Projeto Mão Amiga, que oferece recreação todos os sábados.

O acidente ocorreu logo após o almoço das crianças. Em seguida estava prevista a distribuição de presentes, o que não aconteceu diante do incidente. A garota foi socorrida por pessoas da comunidade. Inicialmente para o Imip e depois, diante da gravidade do caso, levada para o HR. "Ela é uma das mais ativas, adora nosso projeto, está presente todos os sábados", comentou Jonata.

"Era uma festa, as crianças estavam todas brincando. A gente quer Justiça, esse acidente não pode ficar impune. Ficamos todos desesperados. Foi um milagre de Deus ela ter saído viva daqui. Perdeu muito sangue e desmaiou. A CBTU precisa responder por isso", disse um tia da garota.

*Os nomes da vítima e dos familiares foram resguardados pela reportagem como forma de preservar a identidade da criança.

 

Do Jornal do Commercio para a Rede Nordeste

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags