Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Brasil tem 152 milhões de pessoas com acesso à internet

Pesquisa promovida pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil revelou que, em 2020, o país chegou a 152 milhões de usuários - um aumento de 7% em relação a 2019
12:03 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Tipo Notícia

O internauta tem um dia dedicado a ele, 23 de agosto, data em que, no ano de 1991, a rede mundial de computadores foi aberta ao mundo. No Brasil, tem crescido, ano a ano, o número de pessoas com acesso à internet e a pandemia acelerou esse processo. Porém, as desigualdades de acesso ao mundo digital persistem no país, segundo especialistas.

Pesquisa promovida pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil revelou que, em 2020, o país chegou a 152 milhões de usuários - um aumento de 7% em relação a 2019. Com isso, 81% da população com mais de 10 anos têm internet em casa. 

O coordenador da pesquisa, Fábio Storino, destaca que a pandemia fez com que os indicadores de acesso à internet apresentassem os maiores crescimentos dos 16 anos da série histórica.


O crescimento do total de domicílios com acesso à internet ocorreu em todos os segmentos analisados. As residências da classe C com acesso à internet passaram de 80% para 91% em um ano. Já os usuários das classes D e E com internet em casa saltaram de 50% para 64% na pandemia.

Porém, Fábio Storino explica que esse acesso à internet é desigual, uma vez que cerca de 90% das casas das Classes D e E se conectam à rede exclusivamente pelo celular.

A desigualdade de acesso à internet no Brasil se reflete também no ensino básico. O censo escolar de 2020 revelou que apenas 32% das escolas públicas do ensino fundamental têm acesso à internet para os alunos, porcentagem que chega a 65% no caso das escolas públicas do ensino médio.

Além de aumentar os investimentos em infraestrutura para internet nas escolas, o diretor executivo da ONG D3e, Antonio Bara Bresolin, que atua na produção de pesquisas para orientar políticas de educação, afirma que é necessário também capacitar os profissionais da área.

O governo federal espera aumentar a infraestrutura da internet nas escolas a partir do leilão do 5G, previsto para outubro deste ano. Segundo o ministro das Comunicações, Fabio Faria, 6,9 mil escolas públicas urbanas que hoje não têm acesso à internet receberão a infraestrutura nos primeiros anos da instalação do 5G no Brasil. O edital do 5G prevê investimentos para levar internet de alta velocidade para todas as escolas em locais com mais de 600 habitantes até 2029. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

No Rio, bombeiros combatem incêndio em duas áreas na Pedra da Gávea

Geral
11:03 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Equipes de operações aéreas não tripuladas do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro estão fazendo hoje (23) o monitoramento com drones para identificar se ainda há focos na área da Pedra da Gávea, administrada pelo Parque Nacional da Tijuca, na zona sul da cidade, que foi atingida por um incêndio ontem (22). O acionamento dos bombeiros no domingo foi feito às 8h25. Por causa do difícil acesso, os bombeiros tiveram que usar helicópteros para chegar ao local do incêndio, o que ocorreu às 10h12.

Os trabalhos por lá foram finalizados às 17h27 de ontem, mas às 19h30 os bombeiros voltaram à Pedra da Gávea, na parte virada para a Barra da Tijuca, na zona oeste, e novamente constataram difícil acesso. Na madrugada de hoje, às 2h, houve mais um acionamento. A área de difícil acesso atrapalhou o trabalho dos bombeiros, que não tiveram condição de chegar nem com uso de helicópteros. Hoje, às 7h, começou o monitoramento por drones, para facilitar a identificação de focos. Não há ainda uma avaliação da área atingida na Pedra da Gávea.

Os bombeiros tiveram a ajuda de brigadistas do Parque Nacional da Tijuca. A suspeita é que o fogo tenha sido provocado por queda de balão.

Já no Itanhangá, na zona oeste do Rio, do outro lado da Pedra da Gávea, os bombeiros do quartel do Joá, bairro também da zona oeste, estão trabalhando no local,  para onde foram chamados às 4h36 de hoje (23). Às 6h06, as equipes informaram que o incêndio tinha sido controlado e descartaram perigo de atingir as residências próximas. O trabalho continua, porque ainda há pequenos focos na área. Não há registro de vítimas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Polícia Federal investiga fraudes em hospital de campanha em Fortaleza

Geral
11:03 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Operação Cartão Vermelho 2, da Polícia Federal, foi deflagrada hoje (23) para desarticular um grupo investigado por crimes de corrupção, desvio de recursos públicos federais e fraude em procedimento de dispensa de licitação. As irregularidades foram identificadas no hospital de campanha montado para atender pacientes da covid-19, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).

Cerca de 35 policiais federais e oito servidores da Controladoria-Geral da União (CGU) estão cumprindo sete mandados de busca e apreensão, em domicílios de investigados, em Fortaleza e em Brasília. A ação visa instruir inquérito policial que apura indícios de atuação criminosa de servidores públicos, dirigentes de organização social sediada em São Paulo, contratada para gestão do hospital de campanha, e empresários.

“As investigações tiveram início em 2020 e, a partir dos dados coletados e analisados pela PF e CGU na primeira fase da Operação Cartão Vermelho, deflagrada em novembro de 2020, foram reforçados indícios de conluio entre os investigados para direcionar escolha de organização social, com pagamentos superfaturados, transações com empresas de fachada, desvio de recursos públicos federais e enriquecimento ilícito dos investigados”, detalhou a Polícia Federal em nota.

As investigações continuam com análise do material apreendido na operação policial e do fluxo financeiro dos suspeitos. Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato, ordenação de despesa não autorizada por lei e organização criminosa, e, se condenados, poderão cumprir penas podem chegar a 33 anos de reclusão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Temperaturas devem continuar subindo em São Paulo

Geral
10:33 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As temperaturas no estado de São Paulo devem continuar subindo até quinta-feira (26), com momentos de calor intenso, de acordo com a Defesa Civil do Estado de São Paulo. Devem sofrer mais com as temperaturas elevadas e a baixa umidade a região metropolitana de São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Franca, Itapeva, Sorocaba e Vale do Paraíba, Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Vale do Ribeira.

O alerta é para a sensação térmica que pode ser maior do que as temperaturas indicadas. A Defesa Civil lembra a importância de se proteger do sol, evitar exercícios ao ar livre próximo nos horários mais quentes do dia, manter hidratação constante e não atear fogo à vegetação, já que em tempo seco o risco para incêndios é elevado.

Capital

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura de São Paulo, a capital paulista amanheceu com sol, céu claro e rápida elevação de temperatura. A presença do bloqueio atmosférico, massa de ar seco e quente, que cobre vários estados do país, garante mais um dia com predomínio de sol forte, ausência de nuvens e temperaturas elevadas para esta época do ano.

“Além disso, os percentuais de umidade do ar continuam longe do ideal, abaixo dos 60%, por muitas horas do dia. No horário mais crítico, entre o fim da manhã e o início da noite, os percentuais oscilam abaixo dos 30%. Hoje a máxima alcança os 30°C”, diz o CGE.

De acordo com os registros do CGE, a última chuva significativa na capital paulista ocorreu em 28 de julho, com volume médio de 24,7mm. No entanto, a combinação de chuva irregular e abaixo da média, por vários meses consecutivos, vem agravando o atual quadro de estiagem.

A tendência para os próximos dias é de tempo ensolarado, seco e com temperaturas elevadas para o período do ano em toda a região metropolitana. Até quinta-feira (26), as maiores temperaturas a semana serão observadas, e há potencial para novos recordes de calor do inverno 2021. Os menores percentuais de umidade oscilam próximos ou abaixo dos 20%, no período da tarde.

Nesta terça-feira (24), a previsão é de sol, calor e formação de névoa seca. A madrugada terá mínima de 16°C e tarde com máxima de 31°C. Na quarta-feira (25), o cenário se repete e o calor aumenta. Os termômetros oscilam entre a mínima de 16°C ao amanhecer e a máxima de 32°C no meio da tarde.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Sem Censura recebe Presidente do Comitê Paralímpico Internacional

Geral
10:07 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O programa Sem Censura desta segunda-feira (23) entrevistará o presidente do Comitê Paralímpico Internacional, o brasileiro Andrew Parsons. O dirigente conversa com a jornalista Marina Machado sobre a Paralimpíada de Tóquio e traça um raio-x da delegação brasileira nos jogos que acontecem de 24 de agosto a 5 de setembro.

Os debatedores convidados desta edição são Sérgio du Bocage, jornalista de esportes da TV Brasil, e Estevão Lopes, advogado e atleta paralímpico. O esporte paralímpico no Brasil e as expectativas para Tóquio 2020 são alguns dos temas do bate-papo com Andrew Parsons.

Graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense, Parsons foi eleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês) em 2017. Ele já havia presidido o Comitê Paralímpico Brasileiro de 2009 até aquele ano. Foi também vice-presidente e membro do Conselho Executivo do IPC, participou da Comissão de Rádio e Televisão do Comitê Olímpico Internacional (COI), da Comissão de Coordenação dos Jogos de Tóquio 2020 e do Canal Olímpico do COI.

Transmissão

O programa vai ao ar pela TV Brasil às 21h30 e é transmitido para todo o país em TV aberta por intermédio das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública – gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e também por outras plataformas.

Em seu novo formato semanal, o programa Sem Censura ganha ritmo ágil e linguagem clara e direta com a participação de debatedores convidados e interação do público, que pode participar usando a hashtag #novoSemCensura, no Facebook, Twitter e Youtube.

Ao vivo e on demand

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Saiba como sintonizar.

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Maratona busca soluções inovadoras para aquicultura brasileira

Geral
07:43 | Ago. 23, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma live (transmissão ao vivo pela internet) no canal da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) no YouTube, nesta segunda-feira (23) às 19h, dará início às inscrições da primeira edição da Maratona Inove Aqua. A iniciativa é da Embrapa Pesca e Aquicultura, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A maratona estava programada para o ano passado, no formato presencial, mas não foi possível devido à pandemia de covid-19. Depois de um ano e meio da pandemia, a empresa decidiu não adiar mais, disse à Agência Brasil a pesquisadora Helen Kato, da Embrapa. “É uma maratona de soluções”, acrescentou Helen. Não se trata de uma competição de programação ou desenvolvimento de softwares (programas de computador) e aplicativos, completou. Em razão de pandemia, a primeira edição da maratona será realizada totalmente digital, na plataforma Discord.

“A ideia é que a gente possa trazer acadêmicos das mais variadas áreas do conhecimento para olhar para a aquicultura e ver potencial. Porque a aquicultura é uma atividade produtiva que não para de crescer e tem destaque enorme no mundo”. No Brasil, Helen afirmou que a aquicultura precisa de pouco para avançar. “Esse pouco que a gente precisa é tecnologia”. Podem participar também profissionais que já estejam no mercado.

Atividades

As inscrições, que podem ser feitas no site www.inoveaqua.com.br, vão até o dia 15 de outubro. A pesquisadora observou que as equipes interessadas devem se inscrever logo no início do processo, para não perder as ações que serão oferecidas pela Embrapa e o Sebrae, envolvendo palestras, visitas virtuais, cursos, mentorias com pesquisadores da Embrapa e outros para apoiar o desenvolvimento das soluções, entre outras iniciativas.

Dependendo do número de equipes inscritas, será feita uma pré-seleção, no final de outubro, e as melhores soluções serão apresentadas a uma banca julgadora em live, que será assistida pela cadeia produtiva. A data de escolha das equipes vencedoras ainda não foi definida, porque depende do volume de inscrições. Helen Kato disse que a cadeia produtiva é a principal interessada no resultado da maratona.

Ela explicou que esse tipo de evento não obriga os vencedores a ceder para a Embrapa Pesca e Aquicultura soluções que sejam boas para a cadeia produtiva do setor. Deixou claro, entretanto, que as portas da Embrapa estão abertas para possíveis parcerias com as universidades. “É interesse da Embrapa desenvolver tecnologias por meio da inovação aberta. A gente está sempre buscando isso”.

Inovação

Helen afirmou que o objetivo do evento é estimular o ecossistema de inovação da cadeia produtiva, mostrar que a aquicultura “é um espaço com necessidades a serem resolvidas por tecnologia, seja ela de software, de hardware (parte física dos computadores), de programação, e isso vai estimular o país como um todo”. A meta é aumentar a produtividade e a sustentabilidade do setor.

As três melhores soluções receberão prêmios no valor de R$ 5 mil, para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. O Inove Aqua conta com o apoio da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags