PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Athletico-PR vira para cima do Atlético-GO e lidera o Brasileirão

22:05 | 20/06/2021
Athletico-PR vira para cima do Atlético-GO e lidera o Brasileirão (Foto: )
Athletico-PR vira para cima do Atlético-GO e lidera o Brasileirão (Foto: )

Mesmo com um jogo a menos, Athletico-PR é o novo líder do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (20), o Furacão superou o Atlético-GO por 2 a 1 na Arena da Baixada, em Curitiba, pela quinta rodada. Trata-se do único clube com 100% de aproveitamento na competição.

É difícil seguir o líder quando é um Furacão! Que virada, @AthleticoPR! Babi e Christian marcaram para a quarta vitória em quatro jogos. No topo e com um jogo a menos! #BR05 pic.twitter.com/zUoJphGFsG

— Brasileirão Assaí (@Brasileirao) June 20, 2021

O Rubro-Negro paranaense foi a 12 pontos, um a frente de Fortaleza - que, também neste domingo, empatou por 1 a 1 com o Fluminense na Arena Castelão, na capital cearense - e de Red Bull Bragantino, que tinha dormido na ponta ao derrotar o Flamengo por 3 a 2 no sábado (19), no Maracanã, no Rio de Janeiro. O Dragão sofreu a primeira derrota no Brasileiro e permanece na oitava posição, com sete pontos.

Os goianos até saíram na frente. Aos 12 minutos, Baralhas se antecipou ao também volante Richard na intermediária, interceptou o passe do zagueiro Thiago Heleno, entrou na área e mandou para as redes. O Athletico pressionou e chegou ao empate com Matheus Babi, aos 42 minutos. O atacante aproveitou cruzamento pela direita do lateral Marcinho e concluiu de cabeça para o gol.

Na volta do intervalo, o Atlético-GO teve duas grandes chances para retomar a dianteira. Aos sete minutos, o atacante Natanael, na área e sem goleiro, acertou o poste. Cinco minutos depois, o atacante Zé Roberto mandou a bola no travessão. A punição pelos gols perdidos veio aos 26 minutos, com o volante Christian completando de cabeça o cruzamento do lateral Abner, pela esquerda, virando o marcador para os anfitriões. A partir daí, o Athletico controlou as ações e administrou o resultado.

Os paranaenses voltam a campo na quinta-feira (24), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Bahia, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Também pela sexta rodada, o Atlético-GO busca a reabilitação na quarta-feira (23), às 19h, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, diante do Fluminense.

Empate na Arena Castelão

O Tricolor carioca, que "ajudou" o Athletico a assumir a liderança ao empatar com o Fortaleza, perdeu a chance de entrar no G4 e caiu para o sexto lugar, com nove pontos. O duelo na Arena Castelão foi movimentado, com maior presença ofensiva do Leão do Pici e boa marcação executada pelos visitantes.

Igualdade no duelo Tricolor! O carioca fez com Caio Paulista e o de aço empatou com Robson! Tudo igual no duelo entre @FortalezaEC e @FluminenseFC no Castelão! pic.twitter.com/G0pGTOLwtX

— Brasileirão Assaí (@Brasileirao) June 20, 2021

Pressionando a saída de bola, o Fluminense teve a primeira chance do jogo, aos 14 minutos, em finalização do atacante Fred na área, para defesa do goleiro Felipe Alves. Aos poucos, o Fortaleza impôs maior velocidade nas investidas e tomou conta do campo de ataque, mas pecou nas finalizações, sem obrigar o goleiro Marcos Felipe a intervenções no primeiro tempo.

Os cariocas voltaram melhor para a etapa final e abriram o placar aos dez minutos. O meia Nenê cobrou escanteio, o zagueiro Nino desviou e o atacante Caio Paulista completou para as redes. O Leão retomou a postura ofensiva e desencantou aos 23 minutos. O lateral Tinga lançou Yago Pikachu na direita. O meia cruzou e o atacante Robson concluiu, deixando tudo igual. Os anfitriões buscaram a virada, sem êxito. Na quarta, às 19h, a equipe cearense tenta retomar a liderança diante do Flamengo, no Maracanã.

Santos vence clássico

Se os tricolores cearense e carioca aparecem na parte de cima da tabela, o paulista vive péssimo momento. Também neste domingo, o São Paulo foi derrotado pelo Santos por 2 a 0 no clássico realizado na Vila Belmiro, em Santos (SP). O Peixe saltou quatro posições e aparece em nono lugar, com sete pontos, enquanto o rival entrou na zona de rebaixamento, em 17º, com os mesmos dois pontos de Cuiabá e Chapecoense, que estão fora do Z4 - o Dourado tem melhor saldo de gols (-1 a -5) e o Verdão do Oeste marcou mais gols (dois a um).

FINAL DE JOGO E VITÓRIA DO PEIXÃO! ⚪️⚫️ Santos domina o clássico e vence o São Paulo por 2 a 0, com gols de Marinho e Pirani. #SóDançaQuemVenceu! pic.twitter.com/CRC59MSGBW

— Santos Futebol Clube (@SantosFC) June 20, 2021

O Alvinegro foi melhor no primeiro tempo e saiu na frente aos 26 minutos. O atacante Marinho recebeu do meia Jean Mota, que apareceu pela direita, e concluiu no canto do goleiro Tiago Volpi. A missão tricolor ficou mais difícil aos 40 minutos, quando o atacante Luciano sentiu a coxa esquerda e teve que ser substituído, podendo aumentar a lista de desfalques por lesão (que tem o zagueiro Miranda, o volante Luan, os meias William e Hernanes e o lateral Daniel Alves). Três minutos depois, o volante Liziero recuou mal para Volpi e o atacante Kaio Jorge aproveitou, deixando o meia Gabriel Pirani livre para aumentar a vantagem.

Na etapa final, o São Paulo balançou as redes aos nove minutos, com o lateral Igor Vinícius, em bate-rebate na área, mas a arbitragem viu o impedimento do atacante Éder, confirmado após intervenção do árbitro de vídeo (VAR). O duelo transcorreu com mais equilíbrio que no primeiro tempo, mas sem lances de perigo.

Na sexta rodada, o Tricolor paulista recebe o Cuiabá na quarta-feira, às 19h, no Morumbi. No dia seguinte, às 21h30, o Santos visita o Grêmio na Arena do time gaúcho, em Porto Alegre.