PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Início da terceira fase da vacinação contra gripe; veja quem pode se imunizar

A terceira fase da campanha vacinação contra a Influenza deve começar na próxima quarta-feira, 9. Nesta etapa devem ser imunizadas as pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, entre outros.

14:34 | 08/06/2021
Campanha de Vacinação contra Gripe. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Campanha de Vacinação contra Gripe. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza deve começar nesta quarta-feira, 9. A Secretaria Estadual de Saúde do Ceará (Sesa) divulga a lista de grupos que devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para obter a imunização contra a gripe.

Nesta etapa devem ser imunizadas as pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, portuários, forças de segurança, salvamento e Forças Armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.

LEIA TAMBÉM | Vacinação em Fortaleza: confira listas de agendados de terça a domingo, 8 a 13 de junho (08/06 a 13/06)


No Ceará, 922.591 pessoas fazem parte desses perfis, conforme as informações da Sesa. A secretaria também pontua que quem pertence às duas fases anteriores da Campanha e ainda não se vacinou contra a gripe pode procurar a unidade básica de saúde mais próxima e obter a imunização.

FASES ANTERIORES: 

1º FASE - Crianças a partir de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas (6 meses a 18 anos) e trabalhadores da saúde (12 de abril a 10 de maio).

2º FASE - Idosos e professores (11 de maio a 8 de junho).

Documentação

*O indivíduo que for à UBS em busca do imunizante deve estar ciente que serão exigidos documentos que comprovem a inserção das pessoas no grupo prioritário da 3ª etapa da imunização contra a gripe.

*Aos trabalhadores de segurança, de salvamento e das Forças Armadas, a Sesa afirma que será solicitado documento que comprove sua vinculação ativa com o serviço.

*Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independentemente da idade, deverão apresentar um documento oficial com foto, exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

*Para as pessoas com deficiência permanente, será considerado, no ato da vacinação, a deficiência autodeclarada.

*Quem pertence às duas fases anteriores da Campanha e ainda não se vacinou contra a gripe também pode procurar a unidade básica de saúde mais próxima.

Gripe e Covid-19: vacinas e campanhas diferentes

 

A recomendação feita pela pasta é sobre a necessidade de estar atento no momento de receber a dosagem dos imunizantes das campanhas atuais (Covid-19 e Gripe): “É fundamental respeitar o intervalo de 14 dias, antes e depois, entre as vacinas da gripe e da Covid-19”, orienta a coordenadora de Vigilância Epidemiológica e Prevenção da Sesa, Ricristhi Gonçalves.

Na capital cearense, além dos postos de saúde, a população pode procurar o Centro de Saúde Meireles. O equipamento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12 horas e das 13h às 16 horas, no endereço Av. Antônio Justa, 3113.